Blog do Juares | Permissão de Deus

Camaquã-RS
16:30
19/09/2018

Blog do Juares | Permissão de Deus

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
QUER MATAR A SAUDADE, ENTÃO OUÇA!
Anunciantes Blog do Juares

Colunistas

Douglas Ebel Klug - Poesia e Religião

Douglas Ebel Klug - Poeta da Vida. "A alma simplesmente escreve o que o coração dita".

Permissão de Deus

25/06/2018 | 22h06 | Fonte: Douglas Ebel Klug
Compartilhe:

Silêncio! Fique Quieto! (Mc 6.39b)

Medo é um sentimento que assola a maioria dos seres humanos. Sempre ficamos com medo diante de uma nova situação. Ficamos com medo se o Brasil vai perder esta copa. Ficamos com medo diante de um novo emprego. Ficamos com medo diante da crise que afeta todos os brasileiros, pois não sabemos o que irá suceder. O futuro é uma incógnita!

Diante disso, vem o texto base para está mensagem. Jesus e os discípulos estão navegando sobre o mar da Galileia. Jesus sendo o Deus do universo fica tranquilo, ele vai dormir, as ondas estava fortes e quanto mais adentro do mar navegavam mais tenebroso ficava a viagem, pois as ondas só aumentavam, ao ponto delas jogarem água dentro do barco. Quando já não havia solução para eles fazerem algo, correm até Jesus, o acordam e já apavorados, desafiam Jesus para que faça alguma coisa.

Esta história nos mostra o agir do ser humano e o agir de Deus. Duas formas, e por sinal bem diferente sua ação diante da tempestade. Os discípulos, representando os seres humanos, se desesperam, e numa tentativa louca de se salvar começam a fazer algo, até o ponto de perder o controle da situação. Bem normal o agir deles, nós somos assim, queremos fazer de tudo, até as coisas fugirem do nosso controle. Aí nos desesperamos, choramos, corremos, e consequentemente corremos para Deus, na tentativa de que ele faça algo, pois esta é a última esperança que se tem. Quando deveria ser o contrário, ele precisava ser o primeiro que deveríamos buscar quando o mar da vida nos botar medo.

Agora e o agir de Deus? Interessante que Jesus, em nenhum momento faz nada, segundo o texto, já estavam indo a pique até eles irem e acordarem Jesus. Por mais estranho que pareça Jesus estava dormindo, bem tranquilo. Mas ele ali estava! O desespero dos discípulos não ajudou em nada as ondas acalmarem, nem mesmo sua tentativa de tirar a água do barco. Apenas a presença de Jesus fez a diferença!

Em nossa vida, que muitas vezes parece um mar revoltoso, ficamos com medo, gritamos, choramos, brigamos até mesmo com Deus, achando que ele nos deixou, se ausentou, ou não está nem aí. Mas é no silêncio que Deus está, é na dor, é na escuridão. Nós, muitas vezes não o vemos, nem sentimos e nem vemos a solução, mas ele está ali.

E quem diga que ele não permitiu isto acontecer para dar uma sacudida em nós, seus filhos? Pra ver quem está com sua fé firmada nele, quem vai abandonar o barco, simplesmente porque ele está balançando, porque ficou com medo, achou que Deus o abandonou!

O interessante que assim como na vida de Jó Deus permitiu coisas terríveis acontecessem pra simplesmente provar sua fé e o amadurecer espiritualmente, isso foi ao ponto de Jó começar a brigar com Deus, e em seguida Deus faz algumas perguntas pra Jó. (Seque o texto: Depois disso, do meio da tempestade, o SENHOR deu a Jó a seguinte resposta: “As suas palavras só mostram a sua ignorância; quem é você para pôr em dúvida a minha sabedoria? Mostre agora que é valente e responda às perguntas que lhe vou fazer. Eu criei o mundo “Onde é que você estava quando criei o mundo? Se você é tão inteligente, explique isso.

Você sabe quem resolveu qual seria o tamanho do mundo e quem foi que fez as medições? Em cima de que estão firmadas as colunas que sustentam a terra? Quem foi que assentou a pedra principal do alicerce do mundo? Na manhã da criação, as estrelas cantavam em coro, e os servidores celestiais soltavam gritos de alegria. “Quando o Mar jorrou do ventre da terra, quem foi que fechou os portões para segurá-lo? Jó 38.1-8).

Como muitos falam, “Deus colocou Jó debaixo do chinelo,” mostrando que ele não é nada e nada do que faça ou deixa de fazer vai interferir em sua vontade, em sua soberania. Ele é o Todo Poderoso que está no controle de qualquer situação, e ainda nos prova deixando-nos passar por certar tormentas.

Assim como fez com os discípulos, fez com Jó e faz conosco. É ele que tem poder sobre tudo, sobre nós e sobre a nossa situação. Para dar livramento? Nem sempre! Não que ele não tenha poder, mas nem sempre Deus nos quer livrar de certas aflições. Mas fazer-nos crescer e deixar-nos mais fortes espiritualmente e até mesmo emocionalmente. Vale sempre confiar e perceber que Deus está aqui, no controle de nossa situação. Amém.

Rev. Gabriel Boldt

Compartilhe:

deixe seu comentário