Blog do Juares | Você está convidado para a festa – Mt 22.1-14

Camaquã-RS
01:06
23/10/2018

Blog do Juares | Você está convidado para a festa – Mt 22.1-14

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
QUER MATAR A SAUDADE, ENTÃO OUÇA!
Anunciantes Blog do Juares

Colunistas

Douglas Ebel Klug - Poesia e Religião

Douglas Ebel Klug - Poeta da Vida. "A alma simplesmente escreve o que o coração dita".

Você está convidado para a festa – Mt 22.1-14

13/07/2018 | 23h09 | Fonte: Douglas Ebel Klug / Foto: Divulgação
Compartilhe:

O texto do capítulo 22 do Evangelho de Mateus nos traz a terceira parábola, durante os últimos dias de Jesus em Jerusalém. A parábola dos filhos desiguais (21.28ss) e a parábola dos lavradores maus da vinha (21.33ss) tinham repreendido os líderes porque eles estavam se “esquivando” da exigência de Deus, tentando escapar das leis. A parábola das bodas, da festa, levanta a acusação muito mais grave de que os líderes do povo estão recusando o convite de Deus.

Essa parábola compara o Reino do Céu a uma festa de casamento preparada por um rei ao seu filho. Na história, os convidados decidem rejeitar o convite na última hora, desprezando o rei e seu filho. Por conta disso, o rei decide estender o convite a qualquer pessoa, seja ela boa ou má, a fim de encher o salão de festas.

Esta parábola está nos ensinando a respeito da festa que Deus tem preparado para os seus convidados. Quando chegar o grande dia, aqueles que são amigos do noivo Jesus serão recebidos no salão de festas da mansão de Deus para celebrar e se alegrar, desfrutando da abundante fartura que há na presença de Deus. O problema é que, embora todos gostem de uma boa e divertida festa, muitos rejeitam o convite de Deus. Alguns nunca quiseram ser amigos de Jesus, e outros até parecem ser por um tempo, mas mudam de ideia e decidem deixá-lo para trás.

São muitas as desculpas que as pessoas dão. O convite foi feito, “tudo esta pronto, vinde para a festa (v.4); mas o texto nos diz no versículo 5 e 6: “Eles, porém, não se importaram e se foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio; e os outros, agarrando os servos, os maltrataram e mataram”. Vejam que até os servos que estavam a serviço do rei, convidando as pessoas para a festa, eles foram maltratados e mortos. Mas o rei insiste, enviou novamente servos para convidar todos que acharem pelas ruas, encruzilhadas, sejam pessoas boas ou más. Assim a sala do banquete da festa, ficou cheia de convidados.

Deus não desiste de fazer a festa e não desanima com a rejeição. Ele está decidido a encher o salão de pessoas, e por isso convida todas as pessoas para participarem e se alegrarem na presença de Jesus. E o interessante disso tudo é que o próprio Deus providencia “a roupa de festa” adequada para os convidados: o perdão dos pecados e a comunhão com Ele que temos por meio da fé na salvação que Jesus nos deu. Vejam que a partir do versículo 11 havia na festa um homem sem a roupa nupcial, sem roupa de festa: 11 Entrando, porém, o rei para ver os que estavam à mesa, notou ali um homem que não trazia veste nupcial 12 e perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui sem veste nupcial? E ele emudeceu. 13 Então, ordenou o rei aos serventes: Amarrai-o de pés e mãos e lançai-o para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes”. Sem a roupa, ou seja, o perdão dos pecados e comunhão com Cristo Jesus, não há como participar da Grande Festa com o nosso SENHOR e Criador.

Você está sendo convidado para festejar para sempre na presença de Deus! Jesus, o seu amigo, até já pagou o preço da sua roupa de festa. Prepare-se para deixar para trás todas as tristezas e preocupações. Porque a sua fé em Cristo te dará a cora da Vida Eterna.

O livro de Apocalipse 19.17-18 nos traz o seguinte texto:

“17Então, vi um anjo posto em pé no sol, e clamou com grande voz, falando a todas as aves que voam pelo meio do céu: Vinde, reuni-vos para a grande ceia de Deus, 18 para que comais carnes de reis, carnes de comandantes, carnes de poderosos, carnes de cavalos e seus cavaleiros, carnes de todos, quer livres, quer escravos, tanto pequenos como grandes”.

Novamente um convite para uma festa com Deus. E vejam que esta festa é nobre e perfeita, há um banquete com alimentos nobres. E o convite se estende a todas as pessoas, quer sejam livre ou escravos, pequenos ou grandes, todos são convidados a participar. Você é um convidado especial a participar. Porque Deus ama a todos de igual modo e quer que todos estejam com Ele na eternidade. Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único Filho, para que todos tenham a vida – Jo 3.16.

“O céu é um lindo lugar, Cheio de graça sem par. Meu Jesus eu irei avistar, é lá que eu irei morar. Amém!

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e mentes sempre voltados para Cristo Jesus, o nosso Senhor e Redentor. Amém!”

Douglas Ebel Klug

Compartilhe:

deixe seu comentário