Blog do Juares | VÍDEO: o que é a Terapia Sistêmica?

Camaquã-RS
03:48
15/12/2018

Blog do Juares | VÍDEO: o que é a Terapia Sistêmica?

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
RELEMBRE OS BONS MOMENTOS
Anunciantes Blog do Juares

Colunistas

Ilma Ferreira - Terapia Sistêmica

Ilma Ferreira é formada em Direito pela FURG/1986. Formada em Fisioterapia pela FEEVALE/1998. Formada em Psicologia Transpessoal pela UNIPAZ 2015. E, formação em Terapia Sistêmica pelo Instituto Imensa Vida/BH 2017. Telefone: (51) 98262 1362. E-mail: ilmaferrer@hotmail.com

VÍDEO: o que é a Terapia Sistêmica?

21/11/2017 | 10h41 | Fonte: Ilma Ferreira / Foto: Divulgação
Compartilhe:

A terapia sistêmica consiste numa abordagem que leva em consideração o sistema familiar do cliente, uma vez que seu criador, Bert Hellinger, observou que para que haja harmonia na família, ou mesmo no ambiente de trabalho, necessário se faz a observância de regras, que ele denominou de Ordens do Amor, ou seja, o pertencimento (quanto ao vínculo), a hierarquia ou precedência (quanto a ordem de chegada) e o dar e receber (quanto ao equilíbrio).

Para tornar mais acessível o entendimento citarei exemplos de cada uma:

Pertencimento: Todos têm direito de pertencer ao Sistema Familiar. Aquele membro da família que foi excluído por algum motivo (alcoolismo, doença mental ou qualquer outro), será representado por um outro familiar que venha depois, às vezes um neto ou bisneto, com o mesmo problema, para que seja visto e incluído no Sistema Familiar.

Hierarquia ou Precedência: Quem veio antes para o Sistema Familiar deverá ser respeitado. Pais em relação aos filhos, irmãos mais velhos em relação aos irmãos mais novos. Até mesmo em relação a um grupo de trabalho ou grupo social, quem veio antes tem preferência sobre o que chegou depois.

Dar e Receber: Para que haja harmonia nas relações afetivas, de trabalho, deve haver o equilíbrio entre o dar e receber. Por exemplo, quando um dos cônjuges dá muitos presentes e outro não consegue retribuir, com o tempo torna-se desequilibrada a relação e leva a desarmonia do casal. Aquele que recebe muito, sente-se inferiorizado em relação ao outro, por não poder retribuir e isso o leva a se afastar. E na maioria das vezes isso acontece de maneira inconsciente, a pessoa só sente desconforto e não entende o motivo pelo qual está descontente. É o desequilíbrio se mostrando.

Então, expliquei tudo isso para, resumidamente, mostrar-lhes que a Ordem se faz necessária em nossas relações e toda vez que houver desrespeito ou negligência dessa Ordem sofremos com relacionamentos mal resolvidos, problemas com finanças ou doenças como depressão, ansiedade, tudo pelo mesmo motivo.

Agora você já sabe o que fazer para descobrir onde está o desequilíbrio de seu sistema familiar: Constelação Sistêmica, através de um atendimento em grupo ou individual, fica claro onde seu fluxo para a Vida foi interrompido.

Na próxima coluna vou informar como funciona uma constelação sistêmica. Até breve com mais informações a respeito.

Compartilhe:

deixe seu comentário