Blog do Juares | VÍDEO: com supremacia nas urnas, camaquenses comemoram a vitória de Jair Bolsonaro

Camaquã-RS
16:22
20/11/2018

Blog do Juares | VÍDEO: com supremacia nas urnas, camaquenses comemoram a vitória de Jair Bolsonaro

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
RELEMBRE OS BONS MOMENTOS
Anunciantes Blog do Juares

Notícias - Política

VÍDEO: com supremacia nas urnas, camaquenses comemoram a vitória de Jair Bolsonaro

Em Camaquã, Bolsonaro (PSL) obteve 23.621 votos (65,42%). Já Haddad (PT), teve 12.485 (34,58%)
29/10/2018 | 12h10 - Fonte: Redação Blog do Juares / Foto: Reprodução
Compartilhe:

O candidato eleito a presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, teve supremacia nas urnas nesse domingo (28), em Camaquã-RS. O candidato do PSL obteve 23.621 votos válidos (65,42%). Já o candidato pelo PT, Fernando Haddad, teve 12.485 de votos válidos (34,58%). Votos brancos foram 1.486, e nulos, 2.213.

Após o término da apuração das urnas, um grande número de camaquenses foi para as ruas comemorar a vitória de Jair Bolsonaro. Com bandeiras, faixas e gritos da vitória, os eleitores e seguidores do capitão da reserva, eufóricos, reuniram-se na Esquina Democrática, no centro da cidade.

Jair Bolsonaro governará o País pelos próximos quatro anos. Para isso, com 99,99% das urnas apuradas o candidato do PSL obteve ao todo 57.797.466 de votos válidos (55,13%). Já Fernando Haddad (PT) teve 47.040.859 de votos válidos (44,87%).

Votos em brancos foram 2.486.591 (2,14%), nulos 8.608.088 (7,43%), e abstenções 31.371.417 (21,30%).

O vice-presidente será o General Hamilton Mourão (do PRTB), na coligação “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

As unidades da Federação onde Bolsonaro obteve os melhores resultados foram Acre (77,22%), Santa Catarina (75,92%), Rondônia (72,18%), Roraima (71,55%) e Distrito Federal (69,99%).

No Rio Grande do Sul, Bolsonaro obteve 3.893.737 de votos válidos (63,24%). Haddad fez 2.263.171 de votos válidos (36,76%).

Haddad venceu em Alagoas, na Bahia, no Ceará, no Maranhão, na Paraíba, em Pernambuco, no Piauí, no Rio Grande do Norte, no Sergipe, no Pará e no Tocantins. As maiores vantagens foram registradas no Piauí (77,05%), no Maranhão (73,26%), na Bahia (72,69%) e no Sergipe (67,54%).

Compartilhe:

comentários