Blog do Juares | Idoso é agredido durante assalto a residência no interior de Camaquã

Camaquã-RS
22:03
15/12/2018

Blog do Juares | Idoso é agredido durante assalto a residência no interior de Camaquã

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
RELEMBRE OS BONS MOMENTOS
Anunciantes Blog do Juares

Notícias - Polícia

Idoso é agredido durante assalto a residência no interior de Camaquã

O idoso, de 84 anos, foi jogado violentamente no chão e levou uma coronhada no rosto
01/12/2018 | 10h00 - Fonte: Redação Blog do Juares
Compartilhe:

Um idoso de 84 anos teve sua residência invadida por criminosos no interior de Camaquã, que o agrediram violentamente e roubaram dinheiro e diversos objetos e gêneros alimentícios. O crime aconteceu no final da tarde do sábado passado (24), por volta das 19h, na localidade de Palmeira.

Quatro homens todos brancos, altos, usando capuzes invadiram a casa, sendo que um deles portava um revólver e apontando a arma para a vítima, anunciaram o assalto.

O idoso contou na polícia que de forma violenta, os bandidos o jogaram no chão quando bateu com o lado esquerdo do corpo, sentindo muita dor. Na sequência, o assaltante armado, gritou “não olha pra mim”, aproximou-se da vítima e desferiu um golpe com a coronha do revólver no seu rosto, causando uma lesão acima do olho esquerdo, e sangrando muito. A partir daí então, os ladrões começaram a fazer buscas no interior da casa a procura de dinheiro e arma.

 

Foi roubada a quantia de R$ 400,00 em dinheiro, além de dois rádios de cor azul, óculos de grau, óculos de sol, um relógio de pulso, um aparelho de vacinar o gado, uma lanterna pequena de duas pilhas, vários gêneros alimentícios, a carteira de identidade da vítima e dois aparelhos celulares de modelos antigos.

A vítima disse ainda que os criminosos chegaram a pé e ao sair também não ouviu barulhos de carro ou moto. O idoso afirmou também que esta é a quinta vez que sua residência e alvo de assalto, e que até agora está com dor no lado esquerdo do corpo, e acredita que possa ter fraturado uma das costelas.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

Compartilhe:

comentários