Blog do Juares | Plano de negócios da Petrobras prevê investimentos de US$ 84,1 bi

Camaquã-RS
10:59
12/12/2018

Blog do Juares | Plano de negócios da Petrobras prevê investimentos de US$ 84,1 bi

Redes Sociais

Facebook Twitter RSS Contato
RELEMBRE OS BONS MOMENTOS
Anunciantes Blog do Juares

Notícias - Economia

Plano de negócios da Petrobras prevê investimentos de US$ 84,1 bi

05/12/2018 | 11h08 - Fonte: Agência Brasil / Foto: Fernando Frazão/Agênica Brasil
Compartilhe:

A Petrobras deverá investir US$ 84,1 bilhões nos próximos cinco anos, de 2019 a 2023. O novo plano de negócios foi aprovado pelo Conselho de Administração da companhia e encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), informou a estatal, em fato relevante divulgado nesta quarta-feira (5) .

O volume de investimentos previstos é superior ao anterior, que previa US$ 74,4 bilhões. A Petrobras também divulgou o plano estratégico da companhia para 2040, que traz uma nova visão de empresa integrada de energia, alinhada com as necessidades e a evolução dos hábitos da sociedade, que buscará cada vez mais diversificação nas fontes e usos da energia.

O foco em óleo e gás, presente na visão do plano anterior e ainda importante para os próximos anos, segundo a compamnhia, dará mais espaço para outras fontes de energia até 2040.

Integrado ao plano estratégico, o plano de negócios e gestão detalha o planejamento operacional, com foco em segurança e rentabilidade para os próximos cinco anos.

Baixo carbono

De acordo com a empresa, as estratégias da companhia foram ajustadas, tendo em vista a transição para uma economia de baixo carbono, os riscos relativos à concentração geográfica e de commodity.

Segundo a Petrobras, a carteira de investimentos foi construída tendo em vista três motores centrais de geração de valor para a companhia.

A exploração e produção continua sendo o mais importante motor de geração de valor da companhia, permanecendo o foco no desenvolvimento da produção em águas profundas, notadamente nas áreas do pré-sal.

Pelo novo plano, a empresa destinará US$ 68 bilhões para o setor de Exploração e Produção (E&P); US$ 8,2 bilhões para a área de refino, Transporte e Comercialização; US$ 5 bilhões para o setor de Gás e Energia; e US$ 0,3 bilhões para a área de Petroquímica.

A companhia também buscará parcerias em negócios de energia elétrica renovável, como um novo motor de geração de valor com foco no futuro sustentável da empresa.

Compartilhe:

comentários