Colunistas

Pablo Bierhals - Fatos interessantes e assuntos diversos

Pablo Bierhals - Fatos interessantes e assuntos diversos

Estudante de Jornalismo na UCPel, leitor, pesquisador de diversos assuntos e gremista.

A inocência do Triângulo das Bermudas no desaparecimento de navio em 1925

13/02/2020 - 11h59min Pablo Bierhals / Foto: Reprodução/Daily Mail

Já é sabido por muitos os inúmeros mistérios que rondam sobre o Triângulo das Bermudas, ponto geográfico localizado no mar do Caribe, envolvendo Porto Rico, Bahamas e Fort Lauderdale, na Flórida, EUA.

O fato é que o local possui sim algo estranho, que ainda não foi totalmente compreendido. Há quem acredite em fenômenos geofísicos e até mesmo os mais supersticiosos, em fenômenos sobrenaturais. O local já inspirou muitas histórias de ação e aventuras, como o último filme da franquia Piratas do Caribe, que tem parte de seu enredo no Triângulo.

O caso que recentemente chamou atenção, foi o de um navio chamado SS Cotopaxi, que já apareceu em um filme do diretor Steven Spielberg. A embarcação da nossa história zarpou de Cherlston, na Carolina do Sul, EUA, no dia 29 de novembro de 1925. Havia 32 passageiros a bordo com todas as intenções voltadas para ancorar em Havana, Cuba. Não foi o que aconteceu. No dia 1 de dezembro de 1925, o sinal foi perdido.

Foi então que nosso famoso local, o Triângulo das Bermudas, foi logo apontado como culpado, sem precedentes. Assim permaneceu por quase um século, até que este ano (2020), o produtor Michael Bernette, que está produzindo um programa chamado Shipwreck Secrets, para o Discovery Science (estreou no dia 9 de fevereiro), decidiu investigar o caso a fim de conseguir um episódio para seu trabalho.

Sua equipe de investigação encontrou diversos documentos, entre eles um chamado de socorro emitido pelo Cotopaxi no dia de seu desaparecimento. Todas as atenções foram voltadas para Flórida, local de onde as mensagens partiram. Foi então que veio a surpresa: o navio já havia sido descoberto há 35 anos.

Um mergulhador encontrou destroços de um navio, que fora apelidado de "Bear Wreck". Todas as características batiam com o SS Cotopaxi, assim confirmando a identidade do navio. O Triângulo das Bermudas, dessa vez, foi inocentado.

Fonte: Superinteressante

MAIS COLUNAS

FESTA RETRÔ
FESTA RETRÔ
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +