Geral

Graciele falará nesta quinta-feira pela primeira vez em frente ao público

Madrasta do menino Bernardo é acusada de ser a responsável pela morte da criança
14/03/2019 - 07h24min Correio do Povo / Foto: Mauro Schaefer Corrigir

A expectativa com relação ao quarto dia do julgamento dos acusados pela morte de Bernardo Uglione Boldrini é com o depoimento da ré Graciele Ugulini, madrasta do menino. Depois de Leandro Boldrini, ela será a segunda acusada a ser ouvida no júri popular. Ela depôs no final de abril de 2014, perante autoridade policial, mas esta será a primeira vez que falará em frente à imprensa e ao público que acompanha as sessões.

O advogado de Graciele, Vanderlei Pompeo de Mattos, não fez perguntas a Leandro Boldrini na tarde dessa quarta, mesmo após o réu afirmar que a madrasta de Bernardo era a responsável por sua morte. “Eu acho que só tornaria mais polêmica a manifestação dele, porque é a versão apresentada por ele e eu me sustento na versão apresentada pela minha cliente. Nesta quinta será o momento de ela apresentar ao público a versão dela”, disse o representante. Segundo ele, Graciele não participou o ocorrido a Boldrini.

Vanderlei Pompeu de Mattos também criticou o que seria uma postura de “ódio” por parte da acusação. “Estou com uma espingardinha de pressão e a máquina estatal do Judiciário está com míssil, foguete, metralhadora. É todo um aparato estatal contra um defensor que está com sua cliente presa. Uma pessoa presa não pode fazer nada, então é uma disparidade violenta”, disse o advogado, que também negou qualquer possibilidade de conluio entre as defesas, que chegou a ser levantada em alguns momentos.

MAIS NOTÍCIAS

CVC VIAGENS
BLOG DO EVALDO
RÁDIO SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
PEGLOW
MIX BEBIDAS
FUNERÁRIA JARDIM
Jornada Quântica
ADRIANO CONRADO
ROGÉRIO CALÇADOS
JOMAR GÁS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
CIPEX IDIOMAS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
TIC-TAC
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +