Polícia

Doze anos após compra de imóvel, vítima de estelionato sofre processo por reintegração de posse em Camaquã

Autores do processo alegam que são herdeiros da propriedade adquirida via contrato de compra e venda particular. Vítima acreditava que o vendedor era o único proprietário do imóvel
22/05/2019 - 08h52min Corrigir

A Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento registrou no último plantão policial, o caso de estelionato em Camaquã.

Conforme relatos da vítima, no dia 24 de setembro de 2007, ela adquiriu um imóvel, formalizando um contrato de compromisso de compra e venda particular com o suspeito. No período da compra, o vendedor alegava que era o único proprietário do local. Entretanto, recentemente, a compradora está sendo alvo de uma ação judicial por reintegração de posse.

Os autores do processo alegam que são herdeiros do imóvel. A compradora registrou o caso na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento e acredita ser vítima de estelionato.

MAIS NOTÍCIAS

ADRIANO CONRADO
TAXISTAS APP
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC
PRODUTORA DIAMOND
Petroman
SPEED CAR
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
RÁDIO SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
JOMAR GÁS
MA EXCURSÕES
SERVI
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA JARDIM
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +