Saúde

Identificados cinco focos de Aedes aegypti em Camaquã

Centro Municipal de Vigilância em saúde faz apelo à população
22/05/2019 - 10h20min Ascom PM Camaquã Corrigir

Conforme o Boletim Epidemiológico do Centro Municipal de Vigilância em Saúde, de 1º de janeiro deste ano, até o momento, cinco focos de Aedes aegypti já foram detectados nos bairros São Pedro, Centenário, Oliveira, Carvalho Bastos e no centro de Camaquã.

Nesse período, o Programa Municipal de Controle do Aedes realizou 10.409 vistorias com objetivo de orientar a população, coletar amostras e colocar larvicida em depósitos que não podem ser eliminados. Além dos imóveis vistoriados, a equipe ainda encontrou 5.569 imóveis fechados e recebeu 265 recusas. Esta quantidade de imóveis que ficam pendentes sem monitoramento podem representar grande risco a saúde coletiva.

A quantidade de depósitos encontrados nos imóveis, que já são ou podem vir a ser criadouros destes insetos é assustadora. Os agentes inspecionaram 96.697 recipientes, dos quais apenas 1.095 puderam ser eliminados durante a vistoria e 1.627 foram tratados. Do total de depósitos inspecionados, 35.357 era lixo, que deveria ter sido entregue para coleta, 2.404 eram locais para armazenamento de água potável, 35.908 eram recipientes úteis, como vasos de plantas e potes para dessedentação animal, 13.182 eram depósitos fixos, como drenagens ou ralos sem vedação adequada, 2.508 eram depósitos naturais e 7.338 eram pneus, sendo que nestes últimos concentram-se 75% das amostras de Aedes aegypti encontradas.

A situação é de alerta para possíveis epidemias de dengue, zika, chikungunya, entre outras arboviroses transmitidas pelo inseto.

O secretário municipal da Saúde, Luciano Pereira Dias, garante que todas as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde e pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde estão sendo tomadas, mas faz um apelo para que a população receba bem os agentes e disponha de 10 minutos semanalmente para seguir as devidas orientações.

"Se cada morador fizer a sua parte nossa cidade ficará livre deste inseto e destas doenças", alerta a prefeitura.

MAIS NOTÍCIAS

SERVI
ELETRO CLIC
ADRIANO CONRADO
PEGLOW
MIX BEBIDAS
TIC-TAC
JOMAR GÁS
SPEED CAR
CIPEX IDIOMAS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
RÁDIO SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
FESTA DE SÃO JOÃO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +