Saúde

Sobe para 806 o número de casos de dengue contraída no Rio Grande do Sul em 2019

Total de casos confirmados chega a 903, incluindo os importados. Somente em Porto Alegre, são 354 casos
06/06/2019 - 16h53min Corrigir

O Rio Grande do Sul chegou a 903 casos confirmados de dengue em 2019, conforme último boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, nesta quinta-feira (6), e que corresponde a dados coletados até 1º de junho. Desse total, 806 são autóctones, quando a doença é contraída dentro do estado. Ainda há 610 casos notificados, que estão em investigação.

Somente em Porto Alegre, são 354 casos. Desses, 339 são autóctones e 15, importados. Ao todo, são 35 municípios com registros. O relatório anterior mostrava 775 casos confirmados no estado, sendo 686 autóctones.

A secretaria reforça que as notificações ocorrem em todos os meses do ano, embora haja um aumento durante a sazonalidade da doença, de novembro a maio.

Na última década, os anos de 2017 e 2018 foram os únicos que não registraram casos autóctones no estado, segundo o levantamento.

Cidades gaúchas com casos autóctones em 2019

  • Alvorada
  • Bom Princípio
  • Cachoeirinha
  • Candido Godoi
  • Canoas
  • Cruz Alta
  • Erechim
  • Erval Seco
  • Esteio
  • Getúlio Vargas
  • Glorinha
  • Horizontina
  • Ijuí
  • Ivoti
  • Marau
  • Novo Hamburgo
  • Palmeira das Missões
  • Panambi
  • Pirapó
  • Porto Alegre
  • Ronda Alta
  • Santa Barbara do Sul
  • Santa Cruz do Sul
  • Santa Rosa
  • Santo Ângelo
  • Santo Antônio das Missões
  • São Borja
  • São Leopoldo
  • Sapucaia do Sul
  • Sarandi
  • Tenente Portela
  • Três de Maio
  • Três Passos
  • Tuparendi
  • Viamão 

Febre chikungunya

O Rio Grande do Sul tem 192 casos de febre chikungunya notificados. Destes, seis foram confirmados importados, sendo quatro entre Porto Alegre e Região Metropolitana. Dos casos suspeitos, 144 foram descartados e 42 continuam em investigação.

Vírus da zika

O estado tem apenas um caso confirmado, em Gravataí, na Região Metropolitana. Foram notificados 75 casos suspeitos, sendo que 27 foram descartados laboratorialmente e 47 casos continuam em investigação.

Dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti.

MAIS NOTÍCIAS

ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC
PADARIA ESTRELA
OLIDATA
ART MÓVEIS
ADRIANO CONRADO
RÁDIO SÃO JOSÉ
RESTAURANTE COME COME
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +