Polícia

"Está bem definida a autoria", diz delegado sobre suspeito de matar os pais a facadas em Porto Alegre

No dia do crime, policiais o encontraram transtornado dentro da casa
21/06/2019 - 16h07min Corrigir

O homem suspeito de matar os pais na madrugada de quinta-feira (20), na Zona Sul de Porto Alegre, está no Instituto Psiquiátrico Forense (IPF), após determinação judicial. Conforme a decisão, ele não teria condições de ficar junto a outros presos na cadeia. Para o delegado responsável pelo caso, não há dúvidas de que ele é o autor do crime.

Alaberto Diego Carcamo Ulloa, 69 anos, e Maria Orildes dos Santos, de 62 anos, foram encontrados mortos dentro de casa, em cômodos diferentes. O filho estava deitado no chão da sala, transtornado, quando policiais militares conseguiram entrar no local.

"Está bem definida a autoria, a materialidade (...) o cenário de indiciamento não irá mudar", afirma o delegado Newton Martins.

O homem responderá por homicídio qualificado, por motivo fútil, acrescenta o delegado. "Testemunhas falaram que ouviram barulho de briga, que ele dizia aos pais: 'Vocês que não me deram assistência.'"

O filho é usuário de drogas, conforme a polícia. Conforme relatos de moradores, o casal estava separado, mas a mulher visitava frequentemente o ex-marido e o filho.

Ele não falou aos policiais sobre o que aconteceu no apartamento, nem depois de receber atendimento no hospital. O delegado diz que pode tentar ouvir o homem em algum momento, dependendo de um parecer do IPF sobre a situação em que ele se encontra.

Não há tempo definido para a internação.

MAIS NOTÍCIAS

SPEED CAR
JOMAR GÁS
PEGLOW
ROGÉRIO CALÇADOS
FORMATTA RH
Lucas Imobiliária
OBA OBA
Petroman
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FUNERÁRIA JARDIM
ELETRO CLIC
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
SUPER SÃO JOSÉ
RÁDIO SÃO JOSÉ
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +