Economia

Inflação da terceira idade fica em 0,97% no segundo trimestre, diz FGV

Com este resultado, o IPC-3i acumulado em 12 meses ficou acima da taxa acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor Brasil (IPC-BR)
11/07/2019 - 09h38min Corrigir

O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a variação da cesta de consumo de pessoas com mais de 60 anos de idade, registrou inflação de 0,97% no segundo trimestre deste ano. A taxa é inferior ao 1,49% do primeiro trimestre do ano. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), em 12 meses, o IPC-3i acumula taxa de 4%.

Com este resultado, o IPC-3i acumulado em 12 meses ficou acima da taxa acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor Brasil (IPC-BR), que mede a variação da cesta de consumo de todas as faixas etárias e que foi 3,73%, no mesmo período.

Quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram queda em suas taxas de variação do primeiro para o segundo trimestre. O maior recuo veio do grupo alimentação, cuja taxa caiu de 3,49% para 0,02% no período.

Também contribuíram para a queda da taxa do IPC-3i os grupos: habitação (de 1,46% para 0,79%), comunicação (de 0,17% para 0,13%) e despesas diversas (de 0,69% para 0,68%).

Por outro lado, quatro grupos tiveram alta na taxa: saúde e cuidados pessoais (de 1,28% para 2,05%), transportes (de 0,14% para 0,77%), vestuário (de -0,32% para 2,09%) e educação, leitura e recreação (de 1,09% para 1,90%).

MAIS NOTÍCIAS

TAXISTAS APP
ROGÉRIO CALÇADOS
MIX BEBIDAS
JOMAR GÁS
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA JARDIM
PEGLOW
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ELETRO CLIC
Studio Master
SERVI
SPEED CAR
Vencato Casas
SUPER SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
MA EXCURSÕES
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +