Geral

Morre menino baleado em confronto com PF em Cristal

Criança estava internada no HPS de Porto Alegre
19/07/2019 - 16h30min Corrigir

Após três dias do confronto entre membros de uma quadrilha de assalto a bancos e a Polícia Federal em Cristal, no Sul do Estado, um menino de quatro anos, vítima do tiroteio, morreu no início da tarde desta sexta-feira. A criança estava internada desde a última quarta-feira na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre. 

O menino, filho de Daniela Weizemann e Marcos Luis Berghann, não resistiu às complicações decorrentes dos ferimentos sofridos. Ele foi baleado na cabeça e braços. Conforme a Polícia Federal, os policiais atiraram somente depois que dois carros furaram barreira policial. 

Já na noite desta quinta-feira, foi encontrado morto o homem ferido durante o tiroteio. Ele estava detido na carceragem da Polícia Federal (PF) desde o dia 17 na superintendência da PF em Porto Alegre.

De acordo com a própria polícia, os indícios apontam que Marcos Luis Berghann usou as ataduras de seus curativos para se enforcar na cela que ocupava. Um policial foi levar sua janta, por volta das 19h, e encontrou o corpo do suspeito. Um inquérito será instaurado para apurar as circunstâncias da morte.

Berghann estava custodiado por tentativa de homicídio após entrar em confronto com policiais federais. Ele e outros homens eram monitorados pela PF suspeitos de integrar uma quadrilha de ataque a bancos. Na terça-feira eles romperam duas barreiras policiais em Cristal, e na segunda entraram em confronto com os policiais.

MAIS NOTÍCIAS

PEGLOW
Petroman
Lucas Imobiliária
ELETRO CLIC
ROGÉRIO CALÇADOS
MA EXCURSÕES
Vencato Casas
RÁDIO SÃO JOSÉ
SERVI
FORMATTA RH
SUPER SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
ADRIANO CONRADO
SPEED CAR
FUNERÁRIA JARDIM
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +