Polícia

Operação contra corrupção na Receita prende 11 pessoas no Rio

Foram emitidos 14 mandados de prisão, mas duas pessoas estão no exterior e uma encontra-se foragida
02/10/2019 - 13h38min Corrigir

Uma operação conjunta da Polícia Federal, Ministério Público Federal e Receita Federal deflagrada hoje (2) no Rio de Janeiro prendeu 11 pessoas suspeitas de participar de um esquema de servidores da Receita Federal que cobravam propinas para evitar multas e custos tributários.

Foram emitidos 14 mandados de prisão, mas duas pessoas estão no exterior e uma encontra-se foragida.

As investigações apontaram que os suspeitos achacaram réus da operação Lava Jato em busca de propina. Ao detalhar o esquema, os órgãos envolvidos reforçaram em diversos momentos que os servidores não participavam diretamente das investigações da Força Tarefa da Lava Jato no Rio. A atuação se restringia a calcular fatos tributários descobertos pelos investigadores depois que essas informações já haviam se tornado públicas.

Sem mácula

O superintendente regional em exercício da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Tacio Muzzi, destacou que, "em relação à operação Lava Jato, não teve qualquer mácula".

A operação de hoje contou 150 policiais federais e encontrou centenas de milhares de reais em espécie em diversos endereços ligados aos investigados. Inicialmente, havia 39 mandados de busca e apreensão, mas outros dois foram emitidos ao longo do dia.

O corregedor da Receita Federal, Christiano Paes Leme, disse que também serão abertos processos administrativos contra os servidores suspeitos de corrupção, que poderão ser exonerados e impedidos de voltar ao serviço público no futuro, mesmo se aprovados em concurso.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

Petroman
GRÁFICA.COM
FUNERÁRIA BOM PASTOR
JENIFER
ADRIANO CONRADO
SUPER SÃO JOSÉ
RÁDIO SÃO JOSÉ
SPEED CAR
ELETRO CLIC
ROGÉRIO CALÇADOS
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ART MÓVEIS
OLIDATA
FICA EM CASA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +