Esportes

Na estreia de Zé Ricardo, Inter vence o Bahia, na Arena Fonte Nova

Guerrero, duas vezes, e Parede marcaram os gols do colorado no 3 a 2 em Salvador
26/10/2019 - 22h33min Corrigir

Na estreia do técnico Zé Ricardo, o Inter mudou de postura e venceu o Bahia, por 3 a 2, na Arena Fonte Nova, em Salvador na noite deste sábado (26). O Colorado pressionou a saída de bola no campo ofensivo e conseguiu controlar o adversário baiano que disputava posições por vaga na Libertadores. Guerrero, duas vezes, e Guilherme Parede marcaram os gols no segundo tempo na terceira vitória fora de casa do alvirrubro na competição.

Com o resultado no jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Colorado chegou a quinta colocação com 45 pontos. Já o Bahia termina o sábado na 8ª colocação com 38 e pode ser ultrapassado pelo Athletico-PR, que recebe o Goiás, no domingo.

O Inter volta aos gramados na quinta-feira, às 21h30min, para enfrentar o Athletico-PR, no estádio Beira-Rio. Já o Bahia, na quinta-feira, às 19h15min, vai a Vila Belmiro enfrentar o Santos, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Inter pressiona, mas não consegue abrir o placar

Atuando em seus domínios, o Bahia iniciou tentando pressionar o Inter, mas a equipe de Zé Ricardo rapidamente conseguiu igualar a disputa pela bola e passou a criar oportunidades. Especialmente, com marcação alta e pressão na saída da bola.

A melhor chance delas ocorreu aos 11 minutos. Heitor cobrou escanteio da direita de ataque, Cuesta desviou de cabeça, a bola bateu no poste direito do Bahia, no esquerdo e a bola foi afastada pela defesa. Dois minutos depois, Wellington recebeu passe de Guerrero fora da área, ajeitou e bateu forte. Douglas espalmou pela linha de fundo.

A reação dos baianos ocorreu aos 24. Artur arriscou da intermediária, a bola saiu com efeito e passou rente do poste esquerdo de Lomba. Após este lance, o Inter começou a apresentar queda na intensidade de ações e passou a sofrer com os ataques da equipe de Roger Machado. Entretanto, aos 26, Neilton arriscou de fora da área e a bola passou rente ao travessão do Bahia.

A posse de bola do Colorado aos 30 minutos era de 55% com duas finalizações certas e três erradas, segundo números do Footstats (http://footstats.net/partidas/164265). Os baianos passaram a atuar no campo do Inter, mas sem conseguir furar o bloqueio defensivo de Cuesta, Fuchs, Heitor e Zeca. Entretanto, no apito final da etapa, aos 48, o Inter tinha 52% de posse de bola, três arremates na direção da meta e quatro errados. Os donos da casa chutaram quatro vezes, nenhum na goleira de Lomba.

Inter amplia e Bahia tenta reação, mas não consegue o empate

O Inter voltou para o segundo tempo em alta rotação e, rapidamente, abriu o placar. Aos quatro, Heitor avançou pela direita e passou para Guilherme Parede. O atacante deu excelente passe na frente para Guerrero, que avançou e bateu cruzado e rasteiro, sem chances para Douglas. Quatro depois, o contestado Guilherme Parede aproveitou bola atrasada por Giovanni, que desviou na perna de Guerrero, avançou área a dentro, tirou o goleiro Douglas e chutou rente a linha de fundo para ampliar. Inter 2 a 0.

Aos 10, o lateral esquerdo Zeca errou na saída de bola, Gilberto pegou a bola dentro da área, passou por Lomba, mas chutou para fora. Três depois, Nino Paraíba matou a bola no peito e chutou sem deixar a bola cair. Lomba tapeou pela linha de fundo. Aos 17, Zé Ricardo retirou Parede e colocou Pottker.

Com uma presença ofensiva maior, o Bahia descontou aos 25. Artur passou de viagem por Zeca dentro da grande área e chutou no canto inferior esquerdo de Lomba. A bola ainda bateu no poste, no goleiro e entrou. Quatro depois, Edenílson roubou a bola no meio de campo e avançou em velocidade. Próximo a grande área, ele passou para Guerrero. O peruano driblou o marcador, cortando para o meio da área e bateu no canto esquerdo de Douglas. Inter 3 a 1.

O Bahia descontou aos 41 minutos. Após lançamento da direita para a esquerda, Guerra cabeceou para o interior da área, onde Juninho pegou de primeira e acertou o canto inferior direita de Lomba, que novamente tocou na bola, mas não impediu o gol. Os comandados de Roger Machado seguiram tentando o empate, mas não conseguiram furar o bloqueio defensivo do Inter.

Campeonato Brasileiro - 28ª rodada

Bahia (2)
Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, João Pedro (Guerra), Flávio, Artur e Marco Antônio (Rogério); Gilberto (Fernandão).
Técnico: Roger Machado

Inter (3)
Lomba; Heitor, Bruno Fuchs, Víctor Cuesta e Zeca; Lindoso, Edenílson, Parede (Pottker), Neilton (Sarrafiore) e Wellington Silva (Bruno Silva); Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo.

Gols: Guerrero (4min/2ºT e 29min/2ºT) e Guilherme Parede (8min/2ºT) & Artur (25min/2ºT) e Juninho (41min/2ºT)
Cartões amarelos: Edenílson, Bruno Fuchs (3º), Lindoso e Neilton (I) & Gilberto (B)
Cartões vermelhos: -

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ).
Local: Arena da Fonte Nova, em Salvador (BA).

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CAMAQUENSE
RÁDIO SÃO JOSÉ
ROGÉRIO CALÇADOS
Petroman
ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
GRUPO WHATSAPP
ADRIANO CONRADO
ART MÓVEIS
LAVAGEM FERNANDES
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +