Rural

Colheita de trigo alcança 50% da área e produtores ficam atentos ao tempo

Há grande variação na produtividade entre as lavouras em decorrência da tecnologia e de danos provocados por chuva e granizo
01/11/2019 - 09h19min Adriane Bertoglio Rodrigues Corrigir

Apesar da alta umidade dos últimos dias, metade das lavouras de trigo foram colhidas, estando 5% em enchimento de grãos e 45% na fase de maturação (característica que se configura entre a maturação fisiológica e o ponto de colheita).

De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado na quinta-feira (31) pela Emater/RS-Ascar – conveniada da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural – a área destinada para o cultivo do trigo no RS é de 739,4 mil hectares, 37% da área brasileira de plantio com o grão.

Na regional da Emater/RS-Ascar de Ijuí, que representa 30% da área de trigo no Estado, os produtores estão preocupados com as previsões meteorológicas que apontam longo período com alta umidade no Estado.

Há grande variação na produtividade média entre as lavouras, em decorrência da tecnologia utilizada e alguns danos ocasionados pelo tempo (geadas, granizo e ventos fortes), com aumento dos sintomas de incidência de giberela na maturação da cultura. Lavouras bem conduzidas e sem danos climáticos apresentam produtividade acima de 70 sacas por hectare.

Na canola, 24% das lavouras estão em fase de maturação e 76% já colhidas. Na regional de Santa Rosa, a cultura está praticamente toda colhida, atingindo 96% das lavouras, restando apenas 4% em fase de maturação. A produtividade média alcançou 1.457 quilos por hectare.

Em lavouras implantadas no tarde e que foram recentemente colhidas, a produtividade esteve acima da média da região (dois mil quilos por hectare). Mesmo assim insuficiente para elevar a média regional da produtividade e reduzir o percentual de perdas. A expectativa para a próxima semana é de que haja dias sem precipitações, para encaminhar a colheita e finalizar a safra de canola na região.

Culturas de verão

A cultura da soja está em fase de implantação da safra 2019-2020, com plantio previsto até 31 de dezembro, de acordo com o zoneamento da soja no RS. Da área projetada para o Estado, que é de 5.956.504 hectares, 13% já foram implantados. As lavouras se encontram em fase de germinação/desenvolvimento vegetativo. A fase inicial de implantação está 3% acima na comparação com o mesmo período da safra anterior.

No milho, 77% dos 771.578 hectares estimados para esta safra já foram implantados, com a cultura nas fases de germinação/desenvolvimento vegetativo (92%) e floração (8%). A produção estimada é de 5.948.712 toneladas, com uma produtividade alcançando 7.710 quilos por hectare.

O arroz atingiu, no período, o plantio de 53% da área prevista para o RS nesta safra, 7% menor do que em igual época na safra anterior. As lavouras implantadas se encontram na fase de germinação/desenvolvimento vegetativo.

Na regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, seguem as atividades de preparo do solo e plantio. A sequência de dias chuvosos interrompeu as atividades de rotina nas lavouras, além de dificultar o transporte dos insumos. As precipitações ocorridas no período têm contribuído para manter os níveis das barragens adequados.

No caso do feijão, a primeira safra se encontra com 85% na fase de desenvolvimento vegetativo, 12% em floração e 3% em enchimento de grãos. Na regional de Frederico Westphalen, a primeira safra já está implantada, sendo que 80% das lavouras se encontram na fase de germinação/desenvolvimento vegetativo e 20% em floração. Os produtores estão realizando os tratos culturais de controle das invasoras e adubação nitrogenada. Em geral, as lavouras se mantêm com bom stand de plantas.

MAIS NOTÍCIAS

PEGLOW
RÁDIO SÃO JOSÉ
JOMAR GÁS
FORMATTA RH
Lucas Imobiliária
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
OBA OBA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
ADRIANO CONRADO
Petroman
ELETRO CLIC
ROGÉRIO CALÇADOS
SPEED CAR
FUNERÁRIA JARDIM
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +