Rural

Inspeções no setor arrozeiro terão continuidade em 2020

Órgãos integrantes da força-tarefa reúnem-se no MPT em Pelotas para preparar próximas operações
04/12/2019 - 08h50min Ascom MPT-RS Corrigir

A força-tarefa formada para Diagnóstico, Conscientização e Regularização das Condições de Saúde e Segurança no Trabalho na Indústria Beneficiadora de Arroz na Região Sul do Rio Grande do Sul continuará com suas operações em 2.020. A decisão foi tomada na tarde dessa terça-feira (3) na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pelotas, durante reunião das entidades que integram o grupamento operacional. O encontro teve por finalidade avaliação do trabalho desenvolvido no ano de 2.019 e, especialmente, planejamento das ações para o ano de 2020.

A coordenadora do MPT em Pelotas, procuradora Rubia Vanessa Canabarro, informa que "no que se refere ao trabalho já realizado, foi unânime o entendimento de que o setor arrozeiro respondeu de forma muito positiva às intervenções da força-tarefa, promovendo sensíveis avanços nas condições de saúde e segurança dos trabalhadores. Ao mesmo tempo, ficou evidenciada a importância de se dar continuidade a esse trabalho, notadamente porque, infelizmente, seguem ocorrendo acidentes, inclusive fatais, na indústria do arroz". Nessa linha, e sem prejuízo das inspeções, que deverão prosseguir de acordo com a sistemática já adotada, ficou desde já definida a realização de audiência pública na primeira quinzena do mês de março de 2020, ocasião em que será, novamente, apresentada a legislação de saúde e segurança aplicáveis e oportunizado o esclarecimento de dúvidas por partes dos diversos órgãos que integram a força-tarefa.

Além da procuradora Rubia, participaram da reunião o chefe do Setor de Inspeção do Trabalho (Seint), da Gerência Regional do Trabalho em Pelotas, auditor-fiscal do Trabalho Marcio Rui Cantos; o supervisor de fiscalização do Sul, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio Grande do Sul (CREA-RS), Mauro Rogério Castro Brião; a médica veterinária sanitarista da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Roselle Davesac Senna Mendes; os representantes do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) Macrosul Anderson Kleiton Coelho da Silva e Greice Meri Rubi Barbosa; o secretário executivo da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação (CNTA Afins), Darci Pires da Rocha; o secretário de Saúde do Trabalhador, da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação (FTIA/RS), Mário José Dias dos Reis; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias e Cooperativas da Alimentação de Pelotas (Sticap), Lair de Mattos; e os presidente do STIA Bagé, Luiz Carlos Coelho Cabral Jorge, acompanhado de Cláudio Gomes Gonçalves; do STIA Dom Pedrito, Ever Jeovane Lima da Rosa; e do STIA Camaquã, Marcus Vinicius Lopes Colombi.

MAIS NOTÍCIAS

ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
FUNERÁRIA JARDIM
FUNERÁRIA BOM PASTOR
RÁDIO SÃO JOSÉ
ROGÉRIO CALÇADOS
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
ADRIANO CONRADO
ALEXANDRE AR CONDICIONADO
GRÁFICA.COM
SPEED CAR
JOMAR GÁS
Petroman
ART MÓVEIS
PEGLOW
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +