Política

Lula solto impacta mais ainda eleições, afirma Doria

Governador de São Paulo disse que para petista é uma questão de honra lançar uma chapa competitiva
08/12/2019 - 10h04min Corrigir

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai impactar ainda mais o cenário eleitoral depois de ser colocado em liberdade, avalia o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Em entrevista ao Estadão/Broadcast, Doria disse que para o petista é uma "questão de honra" lançar uma chapa competitiva para disputar a Prefeitura de São Paulo. 

Veja também: Motociclista morre em acidente de trânsito no interior de Dom Feliciano

"Se preso já impactava, solto impacta mais ainda. E impacta em São Paulo, para o Lula é uma questão de honra lançar uma chapa competitiva lá. Foi lá em que ele sofreu sua pior derrota em 2016. A derrota acabou reverberando no segundo turno nas outras cidades. Então, vão fazer de tudo, com Lula liderando e o PT corroborando, para que as eleições nas capitais tenham candidatos competitivos e eles possam ter a esperança de vitória", afirmou Doria neste sábado, em Brasília. 

Ainda sem se assumir como pré-candidato ao Palácio do Planalto, o governador de São Paulo defende o foco nas eleições municipais e na gestão eficiente de Estados e cidades como uma antecipação para as eleições gerais. "Foco integral em gestão e eficiência: isso será determinante nas futuras eleições gerais. Porque experiência é importante. Não podemos ter em 2022 testes", disse Doria. 

Em 2016, o tucano foi eleito prefeito de São Paulo com discurso de que era um gestor e não um político. Doria evitou falar sobre uma possível disputa interna com seu colega do Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite, para a corrida à Presidência da República, mas deixou claro que defende as prévias como uma ferramenta democrática. "Temos de defender o princípio e não os nomes. O PSDB é um partido que lançou as prévias", disse. 

Para o ano que vem, na capital paulista, ele vê uma forte atuação do PT, liderada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e afirma que um nome feminino seria "tecnicamente recomendável" para compor a chapa com o atual prefeito Bruno Covas. Ele já defendeu publicamente que a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) deveria ser candidato a vice de Covas. 

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC
PADARIA ESTRELA
ROGÉRIO CALÇADOS
RÁDIO SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
RESTAURANTE COME COME
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +