Esportes

Grêmio bate o Oeste por 1 a 0 e garante Gre-Nal na final da Copa SP pela 1ª vez

Clássico decisivo acontece no aniversário de São Paulo, no sábado
22/01/2020 - 22h54min Corrigir

Depois de 29 anos, o Grêmio está de volta à final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A vaga veio após vitória por 1 a 0 sobre o Oeste, em Barueri, na tarde desta quarta-feira (22). Diante do maior rival, o Tricolor irá buscar um título inédito - em 1991, foi derrotado pela Portuguesa de Dener.

O único gol do jogo foi marcado aos 35 minutos do segundo tempo, com Elias. O jogador se aproveitou de uma falha da zaga do Oeste para colocar o Tricolor na final da competição.

Com o resultado, pela primeira vez na história da Copa São Paulo, haverá um clássico Gre-Nal para decidir a competição. O Inter havia garantido sua passagem para a decisão após vencer o Corinthians por 3 a 1. A final acontece no sábado, às 10h, no Pacaembu.

Grêmio cria as melhores chances

A primeira boa chance do Grêmio no jogo surgiu aos 7 minutos. Após lançamento do campo de defesa, a zaga do Oeste falhou e a bola ficou para Elias. Ele partiu em velocidade e saiu na cara do goleiro Marcio, que saiu bem, cresceu e evitou o gol, mandando a bola para escanteio.

Com mais tempo de posse de bola, o Grêmio passou a cercar a intermediária do Oeste, mas sem oferecer muitos riscos. Isso só mudou aos 20 minutos, quando a bola sobrou após bate-rebate para Pedro Lucas, na esquerda, já dentro da área. De primeira, o camisa 10 bateu de chapa, obrigando Márcio a fazer grande defesa.

A melhor chance do Oeste veio 10 minutos depois. Após cobrança de falta no segundo pau, a bola chegou até o volante Rivaldo, que bateu de chapa, de primeira. A bola passou muito perto da trave esquerda, assustando o goleiro Adriel.

Fabrício e Rildo foram os principais responsáveis pela construção de jogadas da equipe do Grêmio. O Tricolor insistiu especialmente pelos lados, mas não conseguiu converter as oportunidades que teve. Assim, partida foi ao intervalo em 0 a 0.

Jogo cai de produção, mas Grêmio marca no fim

Na segunda etapa, o jogo manteve o mesmo ritmo dos últimos 15 minutos do primeiro tempo. Mais lento, novamente com o Grêmio mais com a bola. No entanto, o nível da partida caiu em comparação aos 45 minutos iniciais. As duas equipes quase não criaram ações ofensivas.

O Grêmio só levou perigo mesmo aos 25 minutos. Em cobrança de falta pelo lado direito de ataque, com Gonçalves, que havia acabado de entrar, a bola chegou até a marca do pênalti. Lá, Rildo venceu a marcação e cabeceou forte. A bola passou muito perto da trave direita de Marcio.

Aos 35 minutos do segundo tempo, o lance que decidiu a partida. O atacante Fabrício fez pressão no campo de ataque, e ela surtiu efeito. A bola foi recuperada por Elias, que saiu na cara do goleiro Marcio, para marcar 1 a 0. Nos minutos finais, o Oeste não teve forças para reagir, e o Grêmio ficou com a vaga para tentar sua conquista inédita na Copa São Paulo.

MAIS NOTÍCIAS

ART MÓVEIS
RESTAURANTE COME COME
OLIDATA
ELETRO CLIC
ADRIANO CONRADO
RÁDIO SÃO JOSÉ
ROGÉRIO CALÇADOS
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
PADARIA ESTRELA
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +