Esportes

No primeiro jogo de Coudet, Inter vence o Juventude por 1 a 0

Único gol do jogo foi marcado pelo estreante Thiago Galhardo, de pênalti; Colorado jogou com um a mais desde os 15 minutos do primeiro tempo
24/01/2020 - 07h35min Corrigir

O primeiro jogo da Era Coudet foi marcado por uma vitória em Caxias do Sul. No Alfredo Jaconi, o Inter jogou para o gasto na noite dessa quinta-feira (23), e bateu o Juventude pelo placar de 1 a 0, na estreia do Colorado no Campeonato Gaúcho de 2020.

O único gol da vitória fora de casa foi marcado também por um estreante. Thiago Galhardo, de pênalti, após jogada de Marcos Guilherme e Sarrafiore, anotou aos 15 minutos do primeiro tempo, quando o Juventude teve um jogador expulso.

Com o resultado, o Inter lidera o grupo A do Gauchão, junto com o Ypiranga, que também venceu na estreia. Na próxima rodada, o Colorado recebe o Pelotas, no domingo, às 19h, no Beira-Rio. No mesmo horário, o Juventude encara o São Luiz, no 19 de Outubro, em Ijuí.

Inter tem pênalti e vantagem numérica cedo no jogo

A primeira partida oficial de Coudet como técnico do Inter trouxe novidades, ainda que com uma espécie de time misto para a primeira partida como visitante. Uma delas foi a titularidade de Sarrafiore. Marcos Guilherme, Thiago Galhardo e Musto, contratações da temporada, também iniciaram jogando. O lateral-direito Rodinei ficou no banco de reservas.

Desde os primeiros minutos, ficou claro que uma das marcas dos outros trabalhos de Coudet já estão em vigor no Inter. O Colorado marcou alto, pressionando o Juventude no campo defensivo. E isso foi fundamental na abertura do placar.

Aos 14 minutos, após roubada de bola, Marcos Guilherme invadiu a área em velocidade pela direita e tocou para Sarrafiore, na segundo trave. No primeiro lance, ele chutou para grande defesa de Marcelo Carné. No rebote, o zagueiro Genílson acabou tocando com a mão na bola e foi expulso. De pênalti, com categoria, Thiago Galhardo deslocou o goleiro para fazer o primeiro gol da era Coudet.

Com um a menos, o Juventude precisou corrigir o setor defensivo e, para isso, sacrificou um de seus atacantes. Com mais liberdade, o volante Musto teve espaço para jogar, tanto aparecendo para buscar a bola em frente aos zagueiros quanto para arriscar lançamentos visando os laterais.

A marcação alta, no entanto, ofereceu ao Juventude a oportunidade de colocar a bola nas costas da defesa. Foi assim que a equipe de Caxias criou sua melhor chance no primeiro tempo, aos 36 minutos.

João Paulo enfiou bola para Bruno Alves, que saiu na cara de Marcelo Lomba. Com o peito do pé, tentou tirar do goleiro, mas acabou mandando pela linha de fundo, com a bola passando perigosamente pela trave direita. Assim, a partida foi ao intervalo com vitória dos visitantes por 1 a 0.

Colorado administra e vence em Caxias

As duas equipes voltaram iguais para o segundo tempo. A tônica do fim da etapa inicial, com o Inter controlando a partida, se repetiu. Aos 11 minutos, a polêmica do jogo: após trama de Marcos Guilherme com Sarrafiore, o argentino invadiu a área e foi derrubado. Os jogadores do Colorado pediram pênalti por conta de carga nas costas, mas Anderson Daronco mandou o jogo seguir.

Aos 20 minutos, duas trocas no Inter. Uma delas, forçada pela lesão de Roberto. Cuesta entrou para recompor a zaga, enquanto Wellington Silva foi substituído por Rodrigo Lindoso.

Apesar de criar mais e dominar as ações ofensivas, ficando com a bola no campo do Juventude no segundo tempo, o Inter não teve tantas chances claras de gol. As melhores foram criadas justamente pelos atletas que entraram no segundo tempo, com Cuesta de cabeça e Lindoso chutando de fora da área.

 O Juventude só ensaiou uma pressão no fim do jogo. Ainda assim, com um jogador a menos, ela quase não surtiu efeito, com exceção de três escanteios conquistados em sequência. No entanto, não houve sequer uma finalização de perigo. Ao fim do jogo, vitória do Inter em Caxias do Sul, no primeiro jogo da Era Coudet no comando do Colorado.

Gauchão 2020 - 1ª Rodada 

Juventude 0

Marcelo Carné; Samuel Santos, Genílson, Reynalgo e Eltinho (Felipe); João Paulo, Marciel, John Lennon e Pedro Ken (Clayton); Bruno Alves e Wallace (Odivan). Técnico: Marquinhos Santos

Inter 1

Marcelo Lomba; Heitor, Roberto (Cuesta), Pedro Henrique e Uendel; Musto, Marcos Guilherme, Nonato (Edenílson) e Wellington Silva (Rodrigo Lindoso); Sarrafiore e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet

Gols: Thiago Galhardo (15/1T)

Cartões amarelos: Lennon e Samuel Santos (Juventude); Roberto e Cuesta (Inter)

Cartões vermelhos: Genílson (Juventude)

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

MAIS NOTÍCIAS

GRÁFICA.COM
SUPER SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
JENIFER
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ELETRO CLIC
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ADRIANO CONRADO
SPEED CAR
RÁDIO SÃO JOSÉ
ROGÉRIO CALÇADOS
Petroman
OLIDATA
FICA EM CASA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +