Polícia

Investigados por estupro de vulnerável são presos pela DPCA em Pelotas

Em um dos casos, o homem se utilizava de uma arma de fogo para obrigar a criança a manter relações sexuais; em outro, o suspeito filmava os abusos
17/02/2020 - 17h05min Diário Popular Corrigir

A Polícia Civil prendeu, em ocasiões distintas, dois homens - ambos familiares das vítimas - por posse ilegal de arma de fogo. Eles são investigados por estupro de vulnerável. Em um dos casos, o suspeito filmava os abusos e, em outro, o homem se utilizava de uma arma para intimidar a criança e obrigá-la a manter relações sexuais com ele.

Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prenderam em agrante, na manhã desta segunda-feira (17), no bairro Três Vendas, um homem por posse ilegal de arma de fogo. Ele é suspeito de estupro de vulnerável praticado contra um adolescente de 14 anos. A prisão ocorreu durante cumprimento de ordem judicial na casa do suspeito. No imóvel, a Polícia Civil apreendeu celulares, computadores e uma arma de fogo.

De acordo com a titular da DPCA, Lisiane Mattarredona, a representação pela busca e apreensão dos materiais foi realizada porque a Especializada tinha informações de que o homem - companheiro da avó da vítima - filmava nos aparelhos de celular as cenas dos abusos praticados contra o adolescente. Os celulares, o computador bem como a arma de fogo calibre.22 foram encaminhados à perícia. O suspeito foi encaminhado ao Presídio Regional de Pelotas (PRP).

Segundo a delegada, um inquérito foi instaurado para apurar o estupro de vulnerável que teria ocorrido neste ano. O caso foi denunciado pelo menor e pela mãe dele que procuraram a DPCA para prestar queixa dos abusos.

Em uma outra ação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, um homem foi preso por abusar de uma menina. O suspeito, companheiro da avó da criança, se utilizava de uma arma de fogo para intimidar a vítima e obrigar a manter relações sexuais com o suspeito. A menina denunciou o caso à Polícia Civil. Na casa do suspeito, agentes da DPCA apreenderam uma arma de fogo e munições de caça, além de um simulacro. O homem foi preso em agrante por posse irregular de arma de fogo. Ele foi conduzido ao sistema penitenciário.

Denuncie

Polícia Civil - 197

DPCA - 3225-4567

Brigada Militar - 190

MAIS NOTÍCIAS

ELETRO CLIC
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SPEED CAR
Petroman
FUNERÁRIA BOM PASTOR
JENIFER
SUPER SÃO JOSÉ
ROGÉRIO CALÇADOS
GRÁFICA.COM
ART MÓVEIS
OLIDATA
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
ADRIANO CONRADO
RÁDIO SÃO JOSÉ
FICA EM CASA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +