Economia

Rio Grande do Sul busca parceria com República Tcheca

Estado possui a maior concentração de fabricantes de cerveja artesanal de todo o Brasil
20/02/2020 - 08h11min Jornal do Comércio Corrigir

Os governos gaúcho e da República Tcheca estão próximos de assinar um acordo de cooperação que funcionará como uma espécie de "guarda-chuva" para várias iniciativas, dentro de setores como o industrial e de turismo, sendo que o destaque dessa união ficará por conta do segmento de microcervejarias. O diretor de desenvolvimento econômico da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Rio Grande do Sul, Marcelo Zepka, adianta que a expectativa é de que em março seja firmada a combinação.

Após esse passo, Zepka diz que a perspectiva é que, logo na sequência, acertos específicos entre entidades gaúchas e tchecas para a cooperação técnica, compartilhamento de tecnologia e intercâmbio possam ser realizados. Paralelamente, o Estado deve receber uma missão do país europeu, com representantes governamentais e empreendedores do ramo cervejeiro, também em março.

A relação do Rio Grande do Sul com a República Tcheca servirá para qualificar a produção das microcervejarias gaúchas, enfatiza Zepka. Ele ressalta que uma dificuldade enfrentada por essas empresas é o fato do Brasil não produzir parte dos componentes da cerveja, como é o caso do lúpulo. O diretor de desenvolvimento econômico acrescenta que o Rio Grande do Sul é o estado que concentra o maior número dessas companhias no País.

Conforme o presidente da Associação Gaúcha de Microcervejarias (AGM), Diego Machado, atualmente são em torno de 210 microcervejarias gaúchas registradas no Ministério da Agricultura. O dirigente comenta que a aproximação com a República Tcheca é um desdobramento de uma missão de cervejeiros brasileiros à nação europeia, na primeira metade de 2019, sendo que a partir de então foi estabelecido um canal entre o corpo consular tcheco e a AGM. Desse contexto, foi idealizada uma tríplice aliança entre os governos gaúcho, tcheco e AGM.

"Nós acreditamos que a cerveja gaúcha precisa se reinventar, uma reestruturação setorial", frisa Machado. Ele reitera que a parceria com os tchecos possibilitará uma troca de conhecimentos e experiências muito grande. O presidente da AGM recorda que a cultura cervejeira da República Tcheca é milenar, sendo os inventores do estilo de cerveja pilsen. "Eles têm condições de fazer com que a cerveja gaúcha dê um salto de 20 anos em três", enfatiza. Em contrapartida, argumenta o dirigente, os europeus se aproximam de um estado situado no país que é o terceiro maior mercado dessa bebida (o Brasil, com a produção de cerca de 133 milhões de hectolitros em 2016, está atrás apenas da China e dos EUA, segundo o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja).

Um problema histórico enfrentado pelas microcervejarias no Rio Grande do Sul era a alta carga tributária. No entanto, como parte de um pacto setorial, um decreto do governo do Estado de dezembro do ano passado reduziu o ICMS da cerveja artesanal de 27% para 14%. São consideradas microcervejarias as que têm uma produção de até 200 mil litros por mês, sendo que mais de 90% das companhias gaúchas desse setor não produzem mais do que 20 mil litros mensais.

O presidente da AGM sustenta que a redução da alíquota possibilitará que aumente a venda da bebida, fazendo com que a medida não prejudique a arrecadação do Estado. Machado afirma que já foram atingidos avanços na questão tributária e se busca outros, como o lançamento de uma campanha de conscientização da importância de formalização da atividade. O dirigente defende ainda que é possível ter progressos na esfera municipal. Ele cita um projeto de lei que tramita na cidade de São Paulo que propõe redução de 50% do IPTU para bares e restaurantes que trabalhem com um volume mínimo de litros de cervejas artesanais, entre outros benefícios. Machado gostaria de ver cidades do Rio Grande do Sul, como Porto Alegre, que tem mais de 35 microcervejarias, adotarem medidas semelhantes.

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
FICA EM CASA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
SPEED CAR
RÁDIO SÃO JOSÉ
GRÁFICA.COM
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Petroman
ADRIANO CONRADO
ROGÉRIO CALÇADOS
OLIDATA
JENIFER
ELETRO CLIC
ART MÓVEIS
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +