Polícia

Suspeito foge algemado da delegacia após ser preso no RS

Homem foi preso em flagrante, na tarde dessa segunda-feira (9), mas quebrou uma cadeira e deixou o local após reunião com o advogado, horas depois. Ele é investigado por envolvimento em possível homicídio, diz polícia
10/03/2020 - 12h45min Corrigir

Um homem fugiu da Delegacia de Polícia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DPHPP) de Novo Hamburgo, na Região Metropolitana, na noite desta segunda-feira (9). O suspeito, que é investigado por envolvimento em um possível assassinato, se soltou de uma cadeira e escapou, ainda algemado, por volta das 22h. O homem está foragido.

A Polícia Civil não informa nome e imagem dos suspeitos com base na lei de abuso de autoridade.

"Como não temos cela, os presos ficam algemados em cadeiras. Ele conversou com o advogado em uma sala reservada, saiu, voltou para o corredor e, em um momento de distração, conseguiu arrebentar um pedaço da cadeira e fugiu. Acreditamos que tenha sido pela porta", diz o delegado Márcio Niederauer.

O suspeito, que tem antecedentes criminais por estelionato, é investigado por um crime ocorrido na madrugada de sexta-feira (6). Segundo o delegado, ele aparece em imagens de uma câmera de segurança deixando o apartamento onde mora com a esposa e filha com sacolas nas mãos.

"Encontramos elementos de que uma pessoa havia sido baleada no local. Trabalhamos com [a hipótese de] um homicídio. Até o momento não encontramos o corpo", afirma Niederauer.

No local, foram encontradas armas e mais de R$ 2 milhões em dinheiro de diversos países. A mulher, de 35 anos, foi presa em flagrante por porte ilegal de arma e lesão corporal, e a filha, que tem 16 anos, foi apreendida.

Após três dias de buscas, o suspeito foi localizado em uma garagem, no centro de Novo Hamburgo, por volta das 15h30 de segunda-feira. Ele estava com outro homem tentando dar partida em um automóvel C180, já que a chave do veículo tinha sido apreendida na noite de sexta.

Ambos foram detidos em flagrante com seis armas com numeração raspada — incluindo uma pistola com silenciador, item que é de uso proibido no Brasil —, moedas de diversos países, documentos e placas veiculares. O outro homem segue detido.

Um pedido de prisão preventiva deve ser encaminhado à Justiça pela Polícia Civil. A Brigada Militar e outras forças policiais fazem buscas ao suspeito.

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CONCÓRDIA
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Petroman
OLIDATA
ART MÓVEIS
GRUPO WHATSAPP
LAVAGEM FERNANDES
GRÁFICA.COM
BRICK DO TOMAZ
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ROGÉRIO CALÇADOS
SUPER SÃO JOSÉ
RÁDIO SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +