Saúde

Mulher de Cerro Grande do Sul diagnosticada com covid-19 já foi removida do HNSA

Paciente testou positivo para a doença na tarde dessa terça-feira (24) e está em hospital de alta complexidade da Região Metropolitana
25/03/2020 - 10h06min Corrigir

A mulher de 58 anos que foi diagnosticada, na tarde de ontem (24), com o novo coronavírus (SARS-CoV-2) em Camaquã, já encontra-se internada em centro hospitalar de alta complexidade na Região Metropolitana de Porto Alegre. 

Segundo informações preliminares dadas ao portal de notícias Blog do Juares (BJ), ela teria apresentado sintomas da covid-19 há cerca de 10 dias, logo após ter contato com a filha, que mora em Camaquã e teria viajado a Porto Alegre para consulta médica. 

A mulher, moradora de Cerro Grande do Sul, procurou atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) do município e, após apresentar um quadro grave de infecção respiratória, foi removida para o Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), em Camaquã. Imediatamente, foi coletado seu material genético para análise e seu quadro clínico foi tratado como se já fosse portadora do vírus antes mesmo de ter o resultado dos exames do Laboratório Central do RS.

Por ter um histórico de fumante e pulmões comprometidos, o vírus se instalou de maneira mais agressiva na mulher. O quadro da paciente é o que especialistas mais alertam como de risco, o de pessoa que já possui alguma patologia e que contrai o novo coronavírus.

No mínimo, 10 pessoas que tiveram contato com a mulher antes do diagnóstico estão sendo monitoradas, entre filhos, netos e mãe, que já é bastante idosa. A filha não apresentou sintomas da doença, mas também está sob monitoramento médico. 

Na tarde dessa terça-feira (24), o prefeito Ivo de Lima Ferreira noticiou que mais dois casos suspeitos de coronavírus haviam sido descartados em Camaquã. Logo após, voltou atrás, depois de uma ligação da secretaria estadual de saúde, Arita Bergmann, que confirmou um caso no município.

O quadro da mulher foi incluído na estatística de casos confirmados no RS como sendo de Camaquã porque a coleta foi feita aqui e enviada para o Lacen junto dos demais casos suspeitos no município. Essa informação foi dada pelo secretário municipal de saúde, Luciano Pereira Dias, em sua conta pessoal no Facebook.

A paciente está internada no Hospital de Pronto Socorro de Canoas e seu estado de saúde é estável, de acordo com o que foi apurado. Como manda o protocolo, ela está em quarto isolado.

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
SPEED CAR
RÁDIO SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
FICA EM CASA
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
GRÁFICA.COM
ADRIANO CONRADO
OLIDATA
ROGÉRIO CALÇADOS
Petroman
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +