Esportes

Clubes e jogadores terão de negociar salários e férias

Proposta feita pela Comissão Nacional dos Clubes quer redução de 25% dos salários dos jogadores
25/03/2020 - 10h15min Corrigir

A Comissão Nacional dos Clubes (CNC) aguarda uma resposta da Federação dos Atletas Profissionais de Futebol à proposta enviada no começo da semana em que sugere três pontos cruciais: férias coletivas de 20 dias a partir de abril, 10 dias de férias entre o fim do ano de 2020 e início de 2021, e redução de 25% nos salários dos jogadores durante a paralisação.

A CNC é responsável por representar os clubes das Séries A, B, C e D do futebol brasileiro. Após videoconferência que contou com representantes de 46 clubes, ainda não foi possível chegar a um denominador comum. As negociações seguem.

Uma das grandes preocupações dos atletas, o pagamento do mês de março, deverá ser feito integralmente. O calendário do futebol brasileiro poderá ser estendido até 30 de dezembro.

Advogado do Sindicato dos Atletas do Rio Grande do Sul, Décio Neuhaus disse: “Os clubes não estão cobrando da CBF. E a CBF se mantém inerte. Têm alguns clubes que estão com salários atrasados desde dezembro. Eles dizem para os atletas que não têm condições de pagar, mas nós sabemos que a TV enviou verbas, sim. Tem gente se aproveitando dessa situação em que estamos”, acrescentou.

A Federação Gaúcha de Futebol definiu na terça-feira a suspensão da Divisão de Acesso deste ano por tempo indeterminado.

MAIS NOTÍCIAS

SPEED CAR
ELETRO CLIC
RÁDIO SÃO JOSÉ
ROGÉRIO CALÇADOS
GRÁFICA.COM
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FICA EM CASA
OLIDATA
ADRIANO CONRADO
Petroman
ART MÓVEIS
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +