Geral

Já foram interditados 13 estabelecimentos por descumprimento de decreto municipal em Camaquã

Segundo o prefeito Ivo, os alvarás de funcionamento desses locais foram recolhidos e os proprietários encontrarão dificuldades para retomarem com o funcionamento
25/03/2020 - 16h52min Corrigir

De acordo com o prefeito Ivo de Lima Ferreira, até esta quarta-feira (25), já foram interditados 13 estabelecimentos comerciais em Camaquã, por descumprimento do decreto municipal de nº 23.287, o qual solicita o fechamento de comércios fora da lista de serviços essenciais.

A informação foi concedida durante a coletiva de imprensa de hoje à tarde. Conforme disse o chefe do Executivo, os comércios deverão enfrentar dificuldades para reabrirem quando a situação voltar à normalidade, uma vez que os alvarás de funcionamento foram recolhidos.

Ainda segundo o prefeito, a comunidade tem colaborado com a fiscalização, realizando denúncias. O serviço conta com o apoio da Secretaria Municipal da Fazenda, Polícia Civil e Brigada Militar do município e está acontecendo conforme as medidas de prevenção do novo coronavírus vêm sendo tomadas pelo Poder Executivo.

Saiba como denunciar:

O Setor de Fiscalização da Prefeitura de Camaquã disponibilizou mais um número de telefone, além de os dois números que já tinha informado, para denúncias de comércios que estejam infligindo o Decreto nº 23.287, de 23 de março de 2020.

Os números para denúncias, mas somente para denúncias, são: (51) 3671 7206, (51) 99221 0290 e (51) 99822 3491.

MAIS NOTÍCIAS

SPEED CAR
GRÁFICA.COM
SUPER SÃO JOSÉ
FICA EM CASA
RÁDIO SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Petroman
ELETRO CLIC
ADRIANO CONRADO
OLIDATA
ART MÓVEIS
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
ROGÉRIO CALÇADOS
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +