Saúde

Bagé é o município do interior gaúcho com mais casos confirmados de coronavírus

Em menos de 24 horas, foram registradas 15 pessoas infectadas pela covid-19 e prefeito Divaldo Lara implementa barreiras sanitárias nas entradas e saídas da cidade
31/03/2020 - 09h46min Corrigir

Entre o domingo (29) e a segunda-feira (30), o município de Bagé, na região da Campanha, apresentou pico da covid-19, confirmando 15 casos da doença em menos de 24 horas.

Somente no domingo, nove confirmações foram notificadas pelo prefeito Divaldo Lara e, somados aos seis casos registrados ontem, Bagé torna-se o município do interior gaúcho com maior número de infectados pelo novo coronavírus.

A grande maioria dos pacientes com covid-19 são da área de saúde, o que está comprometendo a linha de frente para combater a doença. De acordo com informações da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde, ainda há cerca de 50 profissionais de saúde em isolamento domiciliar por suspeita do novo vírus.

Outro caso confirmado nessa segunda-feira foi o de um apenado do Presídio Regional de Bagé, o que acende ainda mais o alerta para a transmissão comunitária do novo vírus, que é quando se perde a dimensão de qual a origem do contágio. O homem está isolado, em prisão domiciliar e sob o uso de tornozeleira eletrônica.

A preocupação de Lara é que o vírus esteja circulando na comunidade de maneira desenfreada após este último registro. Com isso, o chefe do Executivo bageense disse que não há menor chance de flexibilizar o decreto de estado de calamidade pública. O prefeito ainda estendeu para mais sete dias o isolamento total no município, contabilizando 21 dias de quarentena em razão da transmissão comunitária do novo coronavírus.

Como nova medida restritiva para frear a propagação da covid-19, Lara informou que o município implantará barreiras sanitárias nas entradas e saídas da cidade nesta quarta-feira (1º). A ação contará com o apoio do Exército e equipes de saúde, que testarão todas as pessoas que entrarem ou saírem de Bagé e relatarem sintomas da doença, além de desinfectarem os veículos. O toque de recolher ainda está em vigor, determinando que as pessoas não saiam de casa das 22 horas às 6 horas, sujeitas à multa que começa a partir dos R$ 972,32.

Neste momento, o município aguarda o resultado de 41 exames de casos suspeitos de covid-19 e que estão sendo analisados em Porto Alegre pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen/RS). O Poder Público também está providenciando a ampliação de leitos no Hospital de Campanha para atender os pacientes, o que eleva para 120 leitos clínicos e 25 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), e a liberação de mais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e testes rápidos junto ao Governo do Estado.

Com informações dos jornais Diário Popular e Tribuna do Pampa

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
GRÁFICA.COM
RÁDIO SÃO JOSÉ
LAVAGEM FERNANDES
GRUPO WHATSAPP
OLIDATA
ROGÉRIO CALÇADOS
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
BRICK DO TOMAZ
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Petroman
ART MÓVEIS
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +