Economia

Comitê define novos serviços que retomam atividades em São Lourenço do Sul

Confira os principais pontos do decreto
31/03/2020 - 16h52min Prefeitura Municipal de São Lourenço do Sul Corrigir

O prefeito de São Lourenço do Sul Rudinei Härter esteve reunido nesta terça-feira (31) com integrantes do Comitê Municipal de Prevenção e Cuidado ao Coronavírus (CMPCC) para discutir as ações de enfrentamento a pandemia. Conjuntamente, os presentes, representantes de diversas entidades, decidiram manter as medidas de isolamento social recomendadas tecnicamente pelas autoridades em saúde.

Após a reunião, o prefeito assinou o decreto 5.322 que inclui a construção civil, casas comerciais de material de construção entre aquelas que podem retomar as atividades, seguindo uma série de recomendações preventivas. Prestadores de serviço a domicílio também podem retomar as atividades, assim como a Feira da Praça em que as bancas deverão ser montadas com 10 metros de distanciamento entre si, seguindo também as medidas preventivas. Já nesta quarta-feira (1º), haverá funcionários a partir das 4h para auxiliar na montagem da Feira com os espaços já demarcados por pintura. As demais empresas não inclusas como essenciais no decreto de calamidade pública ficam autorizadas a exercer suas atividades de portas fechadas, apenas com serviço de tele atendimento (tele entrega).

O Comitê voltará a se reunir nos próximos dias para avaliar as mudanças de cenário, assim como as determinações da União e do Estado que têm sido alteradas conforme as situações analisadas dia a dia.

Estiveram presentes nesta reunião, secretários municipais, representantes da Associação Comercial e Industrial (ACI/CDL), Conselho Municipal de Segurança, Brigada Militar, Sindicado dos Municipários de São Lourenço do Sul (SIMUSSUL), Sindicato Rural e Furg.

 Confira os principais pontos do decreto

- Fica autorizada a abertura das lojas que vendam materiais de construção civil, ficando vedada a venda nestas lojas de qualquer outro produto que não seja destinado a construção civil, devendo obedecer as condições preventivas previstas no decreto 3.513.

- Os profissionais autônomos poderão realizar serviços de atendimento domiciliar nas residências dos requerentes.

- As demais empresas ficam autorizadas a exercer suas atividades de portas fechadas, apenas com serviço de tele atendimento (tele entrega).

- Ficam cancelados os eventos realizados em local aberto independentemente da sua característica, condições ambientais, tipo do público, duração e tipo do evento, à exceção de feiras de abastecimento ao público, realizadas ao ar livre, desde que organizadas de forma a não gerarem a aglomeração de mais de 1 (uma) pessoa a cada 4m² (quatro metros quadrados),  onde   deverá  ter  no mínimo  10 metros de distância  entre feirantes.

O decreto pode ser conferido na íntegra clicando aqui

MAIS NOTÍCIAS

Petroman
SUPER SÃO JOSÉ
GRUPO WHATSAPP
ROGÉRIO CALÇADOS
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
RÁDIO SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
GRÁFICA.COM
LAVAGEM FERNANDES
BRICK DO TOMAZ
OLIDATA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +