Mundo

EUA acusam hackers ligados à China de roubar pesquisas sobre covid-19

Alerta foi feito a cientistas e autoridades de saúde pública
14/05/2020 - 08h35min Corrigir

Hackers ligados à China estão invadindo organizações norte-americanas que realizam pesquisas sobre a covid-19, disseram autoridades dos Estados Unidos (EUA) nessa quarta-feira (13), alertando cientistas e autoridades de saúde pública para que fiquem atentos ao roubo cibernético.

Em comunicado conjunto, o FBI e o Departamento de Segurança Interna afirmaram que estão investigando invasões digitais a organizações do país por cyber atores ligados à China, que haviam monitorado "tentando identificar e obter ilegalmente propriedade intelectual valiosa e dados de saúde pública relacionados a vacinas, tratamentos e testes de redes e pessoal afiliado à pesquisa relacionada com a covid-19".

A nota não ofereceu mais detalhes sobre a identidade dos alvos ou dos hackers. A Embaixada da China em Washington classificou as acusações como mentirosas.

"O FBI emitiu alerta baseado na presunção de culpa e sem nenhuma evidência", disse a embaixada em comunicado, acrescentando que a acusação dos EUA "prejudica a cooperação internacional em andamento contra a pandemia".

A pesquisa e os dados relacionados ao coronavírus surgiram como a prioridade de inteligência para hackers de todas os tipos, e organizações ocidentais de inteligência têm repetidamente soado o alarme sobre o alvo em organizações de saúde pública e farmacêuticas.

MAIS NOTÍCIAS

ELETRO CLIC
RÁDIO SÃO JOSÉ
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
OLIDATA
LAVAGEM FERNANDES
GRUPO WHATSAPP
Petroman
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ART MÓVEIS
SUPER SÃO JOSÉ
SKY INFOPARTNERS
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +