Obituário

Morre, aos 66 anos, professor Deoclécio Giongo, ex-secretário de Camaquã

Ele lutava há cerca de 3 anos contra um câncer
17/05/2020 - 11h13min Corrigir

Faleceu na manhã deste domingo (17), aos 66 anos de idade, o professor Deoclécio Giongo. Ele lutava há cerca de 3 anos contra um câncer de intestino e fígado, e estava internado no Hospital Santa Casa de Misericórdia, no Complexo da Santa Rita.

O professor Giongo, que estudou na UFRGS, é natural de Nova Bréscia (RS) e exerceu cargos importantes em Camaquã (RS), onde morava com sua família. Giongo foi diretor da escola Ana César e secretário especial de governo e coordenador da Defesa Civil na gestão do governo João Carlos Machado. Além disso, ele foi vice-presidente do Hospital Nossa Senhora Aparecida de Camaquã e presidente da Igreja Batista local.

Devido à pandemia da covid-19, os atos fúnebres ocorrerão no crematório da Angelus, na Rua Oscar Pereira 235 em Porto Alegre (RS).

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CONCÓRDIA
BRICK DO TOMAZ
SKY INFOPARTNERS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ROGÉRIO CALÇADOS
OLIDATA
Petroman
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
GRUPO WHATSAPP
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
LAVAGEM FERNANDES
SUPER SÃO JOSÉ
RÁDIO SÃO JOSÉ
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +