Geral

Com apoio de Emater e Exército, Estado entrega milhares de cestas básicas para vulneráveis

Ação é coordenada pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do RS
19/05/2020 - 12h29min Ascom SJCDH Corrigir

Em uma ação articulada do Governo do Estado com prefeituras, Ministério da Saúde e Exército, o Rio Grande do Sul está entregando milhares de cestas básicas para populações que enfrentam situação de vulnerabilidade social devido à pandemia da Covid-19. Liderada pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, a distribuição beneficia quilombolas, LGBTs, indígenas e povos de terreiro. Ao todo, mais de 11 mil cestas chegarão às populações, mapeadas em quatro regiões do RS.

“O nosso agradecimento a todos esses parceiros pela logística e também pela definição dos beneficiários das cestas, que estão sendo fundamentais para o atendimento às populações vulneráveis", destaca o governador Eduardo Leite.

Os carregamentos iniciaram na última terça-feira (12) e seguem durante toda essa semana. As primeiras comunidades que receberam foram as indígenas de Tenente Portela e Osório. Amanhã (19) e quarta-feira (20), 3.500 cestas serão transportadas para a região de Passo Fundo. Até o final da semana, mais 1.500 unidades chegarão a populações vulneráveis de outras localidades, como a Zona Sul e a região da Campanha.

“Essa união de todas as frentes do Governo estadual e as instituições de apoio permitem que os alimentos realmente tenham a destinação correta. Isso é vital no cenário atual da pandemia que enfrentamos”, ressalta o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini.

O transporte das mais de 280 toneladas é feito pelo Exército, pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde e pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

“É muito importante essa relação de cooperação entre os órgãos do Estado. A agricultura gaúcha se favorece com isso, pois os beneficiários terão comida na mesa, em um momento de estiagem e dificuldades”, afirma o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho.

A Brigada Militar e a Secretaria de Saúde também são parceiras da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. O esforço coletivo garante que nenhum dos 145 municípios contemplados fique sem os alimentos.

Quem receberá as cestas?

Indígenas: 6542

Quilombolas: 3500

LGBT: 993

Povos de terreiro: 633

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA BOM PASTOR
GRUPO WHATSAPP
ROGÉRIO CALÇADOS
SKY INFOPARTNERS
OLIDATA
RÁDIO SÃO JOSÉ
ADRIANO CONRADO
ELETRO CLIC
BRICK DO TOMAZ
Petroman
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
LAVAGEM FERNANDES
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +