Economia

Frigorífico é inaugurado em Camaquã

Além da geração de empregos diretos, empresário pretende comprar gado de produtores de Camaquã e região
23/05/2020 - 09h40min Assessoria Rodrigo Warlet Machado Corrigir

O mês de maio trouxe para Camaquã a tão esperada chuva e para diversas famílias, a oportunidade de emprego e renda. No último dia 7 o frigorífico Camaquense começou a operar no município. Localizado na Estrada do Passo do Capitão Jango, próximo a Escola Chequer Buchain, o empreendimento pertence a Ricardo Mielcke, proprietário da rede supermercados HiperBem e Distribuidora 7M, da cidade de Canoas.

Gerando sete empregos diretos, além de contar com o apoio de quatro profissionais autônomos, o frigorífico abateu mais de 25 animais por semana, nas últimas três, devendo passar para 50 ainda na próxima semana. O empresário prevê que até o final deste ano a capacidade do abatedouro seja ampliada, possibilitando o abate de 100 animais por semana, além da criação de novos postos de trabalho. A produção deve abastecer os mercados da rede HiperBem, além de outras redes.

Segundo Mielcke, o gado é comprado de produtores dos municípios de Camaquã e Cristal. “Investimos na região e desejamos comprar de produtores daqui”, afirma o proprietário, destacando que a proximidade do produtor com o abatedouro influência na qualidade da carne, já que o percurso para o transporte é menor, garantindo que o animal não fique estressado.

Conforme o empresário, fomentar a economia local é um dos objetivos da rede. “O couro está sendo comercializado em um curtume do município, fazendo com que eles não precisem buscar de longe, diminuindo os custos para eles, o que acaba fomentando outros negócios locais”, explica Mielcke, destacando que prioriza pagar a vista o gado que compra.

No entanto, o empresário enfrenta algumas dificuldades em relação à infraestrutura do município. “Esperamos que a prefeitura possa dar um atendimento melhor as estradas, isso iria auxiliar o nosso trabalho”, afirma Mielcke.

Abertura antes do previsto

Em dezembro do último ano o proprietário da rede buscou auxílio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural para dar celeridade ao processo de adequação do frigorífico na Coordenadoria de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Cispoa).

Com o apoio do coordenador regional da deputada Silvana Covatti, Rodrigo Warlet Machado, o empresário esteve reunido com o deputado federal e atual secretário da pasta, Covatti Filho, que colocou a equipe da Secretaria a auxiliar no processo de adequação do empreendimento.

Entretanto, a Portaria Seadrn 93/2020 publicada em 3 de abril deste ano, permitiu que o empresário pudesse antecipar a abertura do abatedouro. A medida adotada em razão da pandemia permite que o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) inspecione o comércio intermunicipal de produtos de origem animal. A portaria deve vigor até o mês setembro. “Essa portaria foi de grande ajuda, pois agora podemos trabalhar enquanto realizamos as adequações necessárias”, comemora Mielcke.

De acordo com ele, o auxílio do coordenador regional e do secretário de Agricultura foi importante para dar celeridades aos processos burocráticos junto a Secretaria de Agricultura do Estado. “Agradecemos o apoio do Rodrigo e do Covatti Filho. Sem os apoios certos, não conquistamos quase nada”, afirma o empresário.

Para Rodrigo Machado, apoiar os empreendedores é fundamental, principalmente nesse momento de insegurança econômica provocada pela pandemia. “Ajudar quem quer empreender, gerar emprego e renda é a filosofia de trabalho do secretário Covatti Filho e de toda a equipe da pasta”, afirma Machado.

Compra de gado

Quem deseja vender animais para o frigorífico Camaquenses, pode entrar em contato através do telefone (51)99773-7821.

MAIS NOTÍCIAS

PADARIA ESTRELA
RESTAURANTE COME COME
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
OLIDATA
RÁDIO SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
SUPER SÃO JOSÉ
ADRIANO CONRADO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +