Economia

Presidente da FIERGS defende retomada das atividades industriais para “sobrevivência das empresas”

O presidente da FIERGS avalia que, no Rio Grande do Sul, o segmento industrial tem capacidade de contribuir para superar esse momento de crise
28/05/2020 - 09h50min Agência do Rádio Corrigir

O Brasil precisa retomar a economia da indústria tão logo a crise causada pelo novo coronavírus seja superada. A opinião é do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry. Entre as medidas que ele sugere para reaquecer o setor, estão a continuidade do ajuste fiscal da União, estados e municípios e a aprovação de reformas estruturais.

“Será uma tarefa gigantesca, mas com união e bom senso de autoridades, governantes e políticos, vamos superar esse problema rumo a uma indústria cada vez mais preparada para o futuro. Sempre lembrando que a sobrevivência das nossas empresas depende das medidas que adotamos hoje”, defende Petry.

O presidente da FIERGS avalia que, no Rio Grande do Sul, o segmento industrial tem capacidade de contribuir para superar esse momento de crise. Instituições como o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) são, segundo ele, fundamentais nesse processo de recuperação, já que capacitam profissionais para o pós-crise e se mostram eficientes no combate à pandemia.

“Nesse esforço coletivo, somamos o trabalho do SESI, do SENAI e do IEL do Rio Grande do Sul, que fazem parte do sistema FIERGS. Também estamos juntos com os sindicatos industriais e associações, centros e câmaras de indústrias que atuam em todas as regiões gaúchas”, ressalta o presidente.

Segundo informações da FIERGS, mais de 90% do setor industrial no Rio Grande do Sul foi afetado com a paralisação na produção ou queda na demanda por causa da crise. A cadeia de fornecimento do setor sofreu alto impacto da produção física. Houve queda de 20% em março, na comparação com fevereiro. Nos indicadores da entidade, o recuo do faturamento das indústrias do estado chegou a 7,3% no período.

MAIS NOTÍCIAS

BRICK DO TOMAZ
Petroman
ROGÉRIO CALÇADOS
ADRIANO CONRADO
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
SKY INFOPARTNERS
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
LAVAGEM FERNANDES
RÁDIO SÃO JOSÉ
GRUPO WHATSAPP
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
OLIDATA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +