Saúde

Secretaria da Saúde de Camaquã confirma mais quatro casos positivos de covid-19 e número chega a 15; recuperações são 9

Anúncio foi feito através de pronunciamento do titular da pasta, Fabiano Martins, na tarde desta sexta-feira (29)
29/05/2020 - 16h26min Corrigir

Mais quatro casos positivos do novo coronavírus foram confirmados em Camaquã na tarde desta sexta-feira (29). A notícia veio durante pronunciamento do secretário municipal da Saúde, Fabiano Martins, na página oficial da prefeitura no Facebook. Agora, o município está com 15 casos positivos da covid-19 e, destes, 9 já são considerados recuperados da doença. O último paciente a se livrar da infecção pelo novo coronavírus era o que ainda estava internado no Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA). Portanto, neste momento, não há nenhum paciente com covid-19 internado no município. 

Estes quatro novos pacientes com diagnóstico positivo da covid fazem parte da mesma família e tiveram contato com um parente de outro município, que veio a ser confirmado também com a doença posteriormente. Todos apresentaram sintomatologia leve e estão em isolamento domiciliar, se recuperando bem. Martins esclareceu que o grupo não tem relação com nenhum dos outros casos confirmados em Camaquã, indicando que os pequenos focos da covid que se formaram no município, estão sendo controlados, sem grande disseminação.  

Seguindo o protocolo de coleta para exame no Laboratório Central do Estado (Lacen/RS), a secretaria coletou material genético de 76 pacientes, os quais foram descartados 67 e ainda é aguardado o resultado de 4 exames. De acordo com a pasta, o aumento de coletas é por conta da alteração do protocolo da Secretaria Estadual da Saúde (SES) para exames PCR, que incluiu pessoas acima de 50 anos de idade, profissionais que trabalham em veículos de transporte de carga e transporte coletivo, e trabalhadores da área da saúde, desde que apresentem sintomas da covid. 

Atualmente, a Vigilância Epidemiológica do município monitora 46 pacientes que procuraram atendimento médico e apresentam sintomatologia gripal leve. Já em relação ao 12º caso anunciado pela SES no começo da noite dessa quinta-feira (28), o dado não pertence a Camaquã, conforme nota de esclarecimento publicada pela secretaria em sua página oficial algumas horas depois do equívoco. 

Ainda de acordo com a pasta, o diagnóstico positivo teria sido contabilizado através de um erro de digitação do município de origem do paciente, que é Porto Alegre, morador do bairro Camaquã, por isso o equívoco. O fato foi esclarecido através de telefonema com a Comissão de Operações em Emergências (COE).

Histórico da covid-19 em Camaquã

O primeiro caso confirmado de covid-19 em Camaquã foi anunciado no dia 24 de abril. Tratava-se de um homem de 58 anos, que coletou material genético para análise e testou positivo para a doença em Porto Alegre, onde também cumpriu o período de encubação do vírus. Mesmo tendo sido considerado recuperado, o paciente veio para Camaquã e ficou em isolamento domiciliar por ser do grupo de risco (ele tratava um câncer de pulmão). Infelizmente, complicações no seu quadro clínico fizeram com que ele viesse a óbito em 6 de maio, vítima do câncer. 

Mais três casos foram notificados no dia 13 de maio. Duas mulheres e um homem na faixa etária dos 30, 50 e 60 anos, sendo que apenas um paciente apresentou sintomas leves, enquanto os outros dois foram assintomáticos. A infecção pelo novo coronavírus nos três casos se deu através de contato direto com um paciente positivo, o qual não foi informado de onde é, mas nenhum desenvolveu quadro clínico grave. Conforme disse o secretário, não foi possível apontar há quanto tempo teria ocorrido o contato dos pacientes com o vírus. Apenas o que pode ser afirmado é que todos são considerados recuperados da covid-19, já que cumpriram a quarentena e não apresentaram evolução da doença. 

O quinto caso positivo foi confirmado em 17 de maio, também por teste rápido. O exame atestou que a pessoa teve contato com o vírus em algum momento, mas foi assintomática para a covid e também foi incluída como paciente recuperado da infecção. A delimitação de um raio para estudo foi essencial para a Secretaria de Saúde compreender a transmissão local do vírus.

Há duas semanas, foram confirmados mais quatro casos: o de um homem de 49 anos, caminhoneiro, que estava viajando a trabalho para Goiás, mas que já havia se infectado quando viajou. Ele esteve internado no HNSA; e o de um menino de 8 anos, do ciclo social deste homem e que já é considerado recuperado; e mais duas pessoas que também realizaram teste rápido, o qual indicou contato com o vírus. Já o oitavo e nono diagnósticos positivos da covid apareceram na sexta-feira (22) passada, sendo um já curado e outro que encontra-se em isolamento domiciliar, porém, ainda infectado.

Nessa segunda-feira (25), a Secretaria da Saúde confirmou mais dois casos positivos da covid-19 em Camaquã. Segundo informações da pasta, ambos foram detectados através da técnica de PCR e não por teste rápido, como os anteriores. Os pacientes eram um homem e uma mulher, cujas idades não foram divulgadas. O homem esteve hospitalizado no HNSA e a mulher apresentou sintomas leves da doença.

Dos 15 casos de covid-19 em Camaquã, 12 já constam no painel da Secretaria Estadual da Saúde e podem ser conferidos aqui.

Assista ao pronunciamento na íntegra:

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
BRICK DO TOMAZ
ELETRO CLIC
GRUPO WHATSAPP
ROGÉRIO CALÇADOS
OLIDATA
LAVAGEM FERNANDES
RÁDIO SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
SKY INFOPARTNERS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Petroman
ADRIANO CONRADO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +