Saúde

Famurs emite nota de preocupação com a falta de medicamentos para UTIs destinados à covid

Em dezenas dos hospitais integrantes da Federação das Santas Casas, Hospitais Beneficente, Filantrópicos e Religiosos do estado há falta dos medicamentos, afetando a saúde e ameaçando a vida dos pacientes
29/06/2020 - 11h23min Famurs - Assessoria de Comunicação Corrigir

A Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul – Famurs, entidade representante dos 497 municípios do Estado, e a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Filantrópicos e Religiosos do Rio Grande do Sul, representante das 269 Santas Casas e Hospitais Filantrópicos gaúchos, vêm, através da presente manifestação externar à sociedade gaúcha e brasileira grave preocupação com os seguintes fatos: A demanda pelos medicamentos que compõe o kit entubação utilizados nas UTIs destinadas aos pacientes do covid-19 nos últimos 3 meses deste ano de 2020 já equivale a totalidade daquilo aplicado em todo o ano de 2019.

Ocorre que o acesso a tais medicamentos no mercado farmacêutico tem sido inviabilizado por duas causas principais, a primeira, a alta demanda, e, a segunda, os preços elevados.

É evidente que a gravidade deste problema está acentuada em razão da pandemia do novo coronavírus. Entretanto, deve-se observar que mesmo com o aumento da demanda de tais medicamentos, tratando-se de uma pandemia em escala global, torna-se injustificável o aumento dos preços. Não se pode aplicar, num panorama de grave crise sanitária e humanitária, conceitos econômicos comuns de elevação de preços. O momento exige sensibilidade social e econômica de todos os agentes que compõe o setor da saúde.

O kit entubação é essencial para os tratamentos aplicados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) destinadas aos pacientes afetados pela covid-19. A falta de tais medicamentos afeta a eficiência dos tratamentos aplicados contra a doença.

Em dezenas dos hospitais integrantes da Federação das Santas Casas, Hospitais Beneficente, Filantrópicos e Religiosos do estado há falta dos medicamentos, afetando a saúde e ameaçando a vida dos pacientes.

Assim, a Famurs e a Federação das Santas Casas manifestam, conjuntamente, profunda aflição com tal situação, e requerem à sociedade gaúcha e brasileira sensibilidade em relação a tal carência.

Leia a nota completa clicando aqui.

MAIS NOTÍCIAS

OLIDATA
ADRIANO CONRADO
LAVAGEM FERNANDES
ROGÉRIO CALÇADOS
SUPER SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
RÁDIO SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
BRICK DO TOMAZ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SKY INFOPARTNERS
GRUPO WHATSAPP
Petroman
ELETRO CLIC
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +