Geral

Vento e granizo causam estragos em municípios da Serra e dos Campos de Cima da Serra

Foram registrados destalhamentos em casas, queda de árvores e falta de energia elétrica
30/06/2020 - 16h40min Corrigir

Municípios da Serra e dos Campos de Cima da Serra registraram transtornos nesta terça-feira provocados pelo mau tempo que está sobre o Rio Grande do Sul. Ventos fortes e granizo atingiram a área urbana e o interior dos municípios de Vacaria, Campestre da Serra, Muitos Capões e Monte Alegre dos Campos por volta das 11h. Foram registrados estragos em casas e galpões, além de queda de árvores e postes causando falta de energia elétrica em alguns pontos das cidades.

Em Vacaria, o vendaval destelhou casas na área urbana e atingiu também a região do 5º Distrito. A residência de Rodrigo Teles de Almeida, na localidade da Raia Gaúcha, foi parcialmente destruída. Na hora do vendaval, ele e a família - a esposa e quatro filhos - estavam em casa, mas não tiveram ferimentos.   Defesa Civil de Vacaria recebeu cerca de 50 chamadas para atendimento da população. 

Em Monte Alegre dos Campos, foi registrada queda de granizo nas localidades da Capela da Luz, Enxovia e também na área urbana do município. A cidade, a exemplo de Campestre da Serra e Muitos Capões, também teve registro de casas que tiveram destelhamentos.

Serra

Em Caxias do Sul, a chuva de segunda e terça-feira causou transtornos em alguns bairros da cidade. No bairro Samuara, houve abertura de buraco na rua, onde um ônibus de fretamento acabou caindo. O coletivo ficou preso e foi necessário acionar equipes da secretaria de obras para retirar o veículo do local. Ninguém se feriu. 

Moradores dos bairros Cânyon, Santa Fé, Esplanada e São José relataram problemas com alagamentos. O Corpo de Bombeiros de Caxias relatou que não houve chamados para a corporação até a manhã desta terça. Na Rota do Sol, RSC 453, perto da entrada do bairro Jardim das hortênsias, uma árvore caiu sobre a pista e interrompeu o trânsito.

Em Garibaldi, a chuva forte chuva trouxe alívio no abastecimento de água da cidade, pois recuperou o nível da barragem que abastece a população. O excesso de chuva fez com que o local transbordasse e a tradicional cachoeira no vertedouro voltasse a aparecer após cerca de oito meses de estiagem.

MAIS NOTÍCIAS

ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
Petroman
GRUPO WHATSAPP
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
SKY INFOPARTNERS
ART MÓVEIS
RÁDIO SÃO JOSÉ
LAVAGEM FERNANDES
BRICK DO TOMAZ
OLIDATA
ADRIANO CONRADO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +