Geral

Prefeitura de Dom Feliciano confirma primeira morte no município em decorrência da covid-19

Entrou em vigor nesta terça-feira (14) um novo decreto acirrando as medidas de prevenção ao coronavírus. Entre as novas regras está o toque de recolher, das 22 horas às 5 horas, e a permissão do acesso de apenas uma pessoa por família nos supermercados
14/07/2020 - 15h25min Corrigir

Na tarde desta terça-feira (14), a prefeitura de Dom Feliciano confirmou o primeiro óbito em razão da covid-19. óDe acordo com informações oficiais da Secretaria da Saúde, a primeira vítima fatal da doença no municíoio trata-se de um homem, de 87 anos, que estava tratando um câncer e tinha também outras comorbidades e precisou ser internado no Hospital São José na última quinta-feira (9). O material genético do idoso foi coletado para exame na sexta (10), mas ele faleceu na madrugada do dia 11. O resultado foi emitido na tarde de hoje pelo Laboratório Central de Saúde Públoca do Estado (Lacen/RS).

O município reportou, também, mais três novos casos da covid e que estão localizados no centro da cidade. Os pacientes são dois homens, de 77 e 87 anos, e uma mulher, de 72 anos. Neste momento, de acordo com o boletim epidemiólogico, Dom Feliciano está com o total de 18 casos positivos, 37 pacientes sendo monitorados e 148 exames que deram negativo para o coronavírus.

Local de residência dos casos confirmados:

10 - centro
02 - bairro Bela Vista
02 - Linha 35
02 - Linha Marmeleiro
01 - bairro São Francisco
01-Linha Anápio Silveira 

Novo decreto

Nesta manhã, entrou em vigor um novo decreto intensificando as medidas de prevenção à covid-19 em Dom Feliciano. Após a macrorregião de Porto Alegre ser classificada por mais uma semana na bandeira vermelha, o município pôde permanecer com as regras da bandeira laranja, mesmo estando neste agrupamento, porém, não registrou nenhuma morte ou internação até a quinta-feira (9), um dia antes do governo do Estado publicar a atualização prévia das bandeiras.

Contudo, a prefeitura alegou que resolveu esreitar as medidas sanitárias por conta do aumento dos índices da doença em todo o país. Além de decretar toque de recolher das 22 horas às 5 horas, as novas regras abrangem os comércios do ramo alimentício que deverão, obrigatoriamente:

a) permitir somente a entrada de uma pessoa por família;

b) fazer uso de caixa rápido para até 15 itens de produtos, durante todo o período de funcionamento;

c) fixar no chão adesivo mantendo a distância entre as pessoas, de no mínimo em um metro, em filas, tanto na área interna como externa.

O Executivo orienta, para evitar aglomerações, que a população da zona urbana dê preferência para ir aos mercados, supermercados e afins, após as 16 horas. O novo decreto também proíbe a entrada de ambulantes para comércio no município, enquanto estiver em vigência o Decreto de Calamidade Pública devido à covid-19.

O documento pode ser lido na íntegra neste link.

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ART MÓVEIS
LAVAGEM FERNANDES
GRUPO WHATSAPP
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA BOM PASTOR
SUPER SÃO JOSÉ
RÁDIO SÃO JOSÉ
OLIDATA
ROGÉRIO CALÇADOS
ADRIANO CONRADO
MIX BEBIDAS
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +