Saúde

Estado interrompe distribuição e muda protocolos para realização de testes rápidos

Segundo o secretário da Saúde de Camaquã, Fabiano Martins, Executivo já providenciou nova compra significativa de exames e pediu a compreensão da população com o novo prazo estipulado para realização da testagem
31/07/2020 - 10h42min Corrigir

No promunciamento da tarde dessa quinta-feira (30), o secretário da Saúde de Camaquã, Fabiano Martins, anunciou que o município está com falta de testes rápidos, que são utilizados para detectar a presença de anticorpos do novo coronavírus. Segundo o gestor, o Estado interrompeu a distribuição dos exames e lamentou que isso tenha ocorrido em um momento crítico de aumento dos casos suspeitos da covid-19 por conta do período de inverno.

Ainda de acordo com o secretário, o município ficou desabastecido de testes na quarta-feira (29), mas que conseguiu adquirir uma remessa razoável para continuar com as testagens e que uma nova compra mais significativa já foi providenciada pela prefeitura, com previsão de chegada para os próximos dias. Somente ontem, foram realizados 50 testes em pacientes suspeitos.

Martins afirmou também que o Estado alterou o protocolo para este tipo de testagem. Anteriormente, o prazo agendado para a realização do teste era no décimo dia após os primeiros sintomas. Agora, ele ocorrerá no 14º dia. O gestor pediu a compreensão da população e alegou que o município somente segue as recomendações do Estado. O teste rápido aponta se o indíviduo, assintomático ou não, teve contato com o novo coronavírus (SARS-CoV-2), através de uma amostra de sangue, com resultado sendo emitido entre 10 e 30 minutos.

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
LAVAGEM FERNANDES
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ADRIANO CONRADO
RÁDIO SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
OLIDATA
MIX BEBIDAS
ROGÉRIO CALÇADOS
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +