Geral

Funcionários de empresa de fora têm que almoçar na calçada em Camaquã

Casos como este já vêm acontecendo na cidade há alguns dias devido ao decreto municipal alinhado ao decreto estadual que não permite a entrada de clientes em restaurantes para fazer as suas refeições
31/07/2020 - 13h35min Corrigir

Funcionários de uma empresa de Pelotas que atua em tecnologia e na prestação de serviços para empreiteiras tiveram que almoçar, nesta sexta-feira (31), sentados juntos à calçada, na frente do Restaurante Claudio Peglow, na Rua Bento Gonçalves, no centro de Camaquã.

Casos como este já vêm acontecendo na cidade há alguns dias devido ao decreto municipal alinhado ao decreto estadual que não permite a entrada de clientes em restaurantes para fazer as suas refeições. Devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), diversas atividades comerciais foram afetadas, aquelas que não são consideradas essenciais.

Além da revolta de outros empresários, Claudio Peglow, proprietário do restaurante homônimo, demonstrou sua total insatisfação com as medidas impostas ao comércio em geral e disse que, “é desumano um trabalhador ter que comer na rua, ao relento”. “Como uma loja de construção pode abrir para vender tijolo e um restaurante não pode abrir para servir alimentação, e não ser considerado um serviço essencial”, concluiu o empresário camaquense ao portal de notícias Blog do Juares (BJ).

MAIS NOTÍCIAS

RÁDIO SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
LAVAGEM FERNANDES
FUNERÁRIA BOM PASTOR
MIX BEBIDAS
ELETRO CLIC
ADRIANO CONRADO
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +