Educação

Maneiras de incentivar o aprendizado dos pequenos em casa durante a pandemia

Veja na matéria!
11/08/2020 - 03h30min Corrigir

Durante este período de quarentena, ficar em casa é a atitude mais segura. Com isso, muitas famílias estão experimentando uma nova realidade sem poder levar as crianças para escola, parques e até mesmo visitar amigos e outros familiares. Assim como para os adultos, os pequenos também sentem muita falta dessa socialização tradicional e tão prazerosa.

Em processo de aprendizagem e desenvolvimento, as crianças precisam dessa convivência interpessoal. A interação na escola, as aulas práticas, brincadeiras em grupo, tudo isso coopera para o desenvolvimento e alfabetização infantil. Além de todos os pontos positivos que a interação traz para a vida de uma criança, estar sempre em contato e brincar com os amiguinhos ajuda a prevenir problemas emocionais nos pequenos, como depressão, ansiedade e solidão, sintomas que podem ser recorrentes neste período de isolamento.

Privados dessa interação, os pais ficam com a difícil tarefa de inovar e amenizar os efeitos do isolamento social. Sobrecarregados com os deveres domésticos, abalados pelas mudanças repentinas e problemas emocionais e financeiros, a responsabilidade dos pais se torna ainda mais desafiadora e é preciso cautela para não deixar a nova rotina cansativa para ambos.

A primeira dica é não tratar este período como férias e tentar manter uma periodicidade de atividades educativas e divertidas. Para entreter e também ajudar no desenvolvimento, o mercado oferece uma infinidade de opções de brinquedos para crianças de 2 anos ou menos. Neste período, os pequenos são geralmente inquietos para manter a atenção deles a melhor estratégia é utilizar brincadeiras. Colorir, experimentar texturas e inventar receitas diferentes e nutritivas também pode ajudar a mantê-los ocupados e ainda cooperar para o desenvolvimento.

Já para os maiores, que estão na fase escolar, além de manter os horários das aulas online, é preciso transformar a rotina de outras formas. Luiza Ferreira, engenheira de Computação e editora do TechReviews, aconselha os pais a incluírem uma dinâmica diferente de aprendizado, com o apoio de aplicativos gratuitos e canais no Youtube. “A tecnologia está sendo amplamente explorada neste período onde apenas as interações virtuais são possíveis, por isso, instituições educacionais estão investindo neste formato e oferecendo muitas opções para o desenvolvimento e entretenimento das crianças”, explica.

Na área de entretenimento uma boa dica é o app Animal Jam, desenvolvido pela WildWorks em parceria com a National Geographic, traz atividades interativas centralizadas em temas como zoologia e ecologia, ensinando princípios básicos de ambas as áreas por meio de jogos e elementos sociais. Para quem precisa aprender matemática, a dica é o Prodigy, disponível para iOS, Android e PC, esse jogo gratuito dispõe de desafios matemáticos que os pequenos devem responder para progredir em uma aventura com leves toques de RPG.

Mas, o mais importante no atual cenário é manter as crianças protegidas do novo coronavírus e saudáveis. O estresse com tantas transformações e excesso de informações sobre a pandemia também atinge os pequenos, por isso inovar na hora de entretê-los é fundamental.

MAIS NOTÍCIAS

PADARIA ESTRELA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
SUPER SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
ADRIANO CONRADO
ROGÉRIO CALÇADOS
ELETRO CLIC
RESTAURANTE COME COME
RÁDIO SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
OLIDATA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +