Geral

Exército demonstra interesse em assumir mais trechos na duplicação da BR-116

Batalhão Ferroviário já executa as obras em dois dos nove lotes da rodovia
14/08/2020 - 09h35min Corrigir

Durante entrevista para a Rádio Gaúcha nessa quinta-feira (13), o comandante Militar do Sul, general Valério Stumpf, afirmou que o Exército tem a intenção de assumir mais trechos nas obras de duplicação da BR-116, entre Guaíba e Pelotas

Em dois dos nove lotes o 1º Batalhão Ferroviário do Exército é o responsável pela execução dos trabalhos, entre Guaíba e Tapes, há cerca de um ano e meio, quando assumiu os trechos que eram de responsabilidade da construtora Constran. A empresa entrou em recuperação judicial e teve seu contrato rescindido com o Dnit em 2018.

De acordo com o cronograma, a finalização da duplicação deve ocorrer no primeiro semestre de 2022. Depois desta data, o general afirmou que o batalhão terá condições de executar uma nova frente de trabalho e possui essa vontade, inclusive já tendo conversado com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) na semana passada a respeito.

Em sua coluna no portal GaúchaZH, o jornalista Jocimar Farina afirmou que o impedimento pode ser o prazo dado pelo Dnit para a conclusão total da obra. O governo federal comunicou que pretende finalizar a obra até dezembro do ano que vem. O trecho de quase 22km, entre o quilômetros 351,34 e 373,22 pertencia à construtora Ivaí. O governo publicou uma licitação para contratar nova empresa para conclusão do trecho.

A duplicação possui 211,2 quilômetros. Até o momento, o valor investido na obra gira em torno dos R$ 775 milhões. Os trabalhos, que iniciaram em 2012, tinham previsão inicial de conclusão para 2015. A obra beneficia diretamente 12 municípios da região Sul do Estado e já há trechos em operação nas cidades de Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Turuçu, Cristal, Barra do Ribeiro, Tapes e Sentinela do Sul.

No final de julho, mais 8,7 quilômetros de pista duplicada, entre Sentinela do Sul e Tapes. Outros 83,7 quilômetros já foram abertos ao tráfego desde agosto do ano passado. O trecho, localizado entre o km 351 e km 360, integra o lote 3 e foi o sexto segmento a entrar em operação em 2020. 

No último dia 5, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou ao deputado federal Afonso Hamm, em uma live na rede social, que 49 quilômetros da rodovia BR-116 duplicada podem ser entregues ainda em 2020. Isso representaria um total de 140 quilômetros liberados até o fim do ano.

Hamm é presidente da Frente Parlamentar em defesa da BR-116. O ministro declarou que para que a entrega de 49 km seja possível, será necessária uma suplementação de verbas, que já está sendo articulada pela equipe do governo Bolsonaro.

MAIS NOTÍCIAS

ELETRO CLIC
RESTAURANTE COME COME
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ART MÓVEIS
PADARIA ESTRELA
RÁDIO SÃO JOSÉ
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ROGÉRIO CALÇADOS
ADRIANO CONRADO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +