Entretenimento

Happy B-day: seis músicas da Beyoncé que marcaram gerações

Estrela completa 39 anos nesta sexta-feira (4) e carrega, além de uma legião de fãs, muitos sucessos que não saem da cabeça
04/09/2020 - 17h02min Corrigir

Nesta sexta-feira (4), a estrela americana Beyoncé completa 39 anos de vida. Nascida em Houston, no Texas, em 1981, Beyoncé Giselle Knowles é uma artista multifacetada. Além de cantora, é também compositora, atriz, modelo, dançarina, produtora, ativista, diretora e roteirista. Tornou-se mundialmente conhecida no ano de 1997, ao integrar o grupo musical Destiny's Child, onde permaneceu até 2003. Nesse ano, ela lançou carreira solo e definitivamente se firmou como uma das mais importantes cantoras no cenário da música mundial. Casada com o rapper americano Jay-Z desde 2008, Beyoncé é mãe de três filhos, Blue Ivy, de 8 anos, e dos gêmeos Rumi e Sir, de 3 anos de idade.

Relembre seis músicas que todo fã da Rainha Bey cita quando o assunto é a cantora:

Crazy in love

Faixa do primeiro álbum solo da artista, Dangerously in Love (2003), a qual ela gravou ao lado do rapper Jay-Z. Ambos escreveram e compuseram a música em colaboração com Rich Harrison e Eugene Record. Sua letra descreve uma obsessão romântica que faz a protagonista agir fora do controle.

Crazy in Love foi o um grande sucesso nos Estados Unidos e no Reino Unido, liderando o principal gráfico de ambos os países, além de ter alcançado o top 10 em vários outros territórios ao redor do mundo. O videoclipe apresenta Beyoncé em várias sequências de dança. Ganhou três prêmios no MTV Video Music Awards de 2003, e seu diretor, Jake Nava, ganhou o prêmio da Associação de Produção Musical de Vídeo de Melhor Vídeo R&B em 2004. Desde 2003, Crazy in Love tem sido um marco nas performances ao vivo e turnês de concertos da cantora. 

Irreplaceable

Escrita originalmente para ser uma faixa country, a música pertence ao segundo álbum da carreira solo de Beyoncé, o B'Day (2007). Foi então re-arranjada como uma balada pop com influências R&B através de modificações nos arranjos vocais e instrumentação. Durante a produção e sessões de gravação, Beyoncé e Ne-Yo queriam criar uma canção em que as pessoas de ambos os sexos poderiam se identificar. A faixa diz liricamente sobre o término de um relacionamento com um homem infiel. O single atraiu sucesso mundialmente. Tornou-se o quarto número-um de Beyoncé nos Estados Unidos, sendo o lançamento mais bem sucedido do álbum, e permaneceu no topo da Billboard Hot 100 por 10 semanas consecutivas. 

Single Ladies (Put a Ring on It)

Canção do álbum de 2008, seu terceiro de estúdio, I Am... Sasha Fierce. Inspirada pelo casamento secreto da intérprete com Jay-Z, a faixa explora a vontade dos homens de se casarem, um assunto que motivou The-Dream a escrever. É apontada pela imprensa como "a única declaração pública que Beyoncé e Jay-Z fizeram sobre o casamento". Filmado em preto-e-branco, o clipe apresenta uma coreografia J-Setting que foi inspirada por "Mexican Breakfast", uma rotina de dança criada em 1969 e coreografada por Bob Fosse. O vídeo foi parodiado diversas vezes ao redor do mundo, sendo a "primeira grande mania de dança" do terceiro milênio e da era da internet. Notada por sua abordagem minimalista, a produção foi indicada em nove categorias nos MTV Video Music Awards de 2009 e venceu três delas, incluindo a principal da noite, de Video of the Year. 

Halo

Essa música também faz parte do álbum I Am... Sasha Fierce (2008). Foi composta e produzida pela própria Beyoncé juntamente com Ryan Tedder. A dupla contou com o auxílio de E. Kidd Bogart na escrita. Inspirada pela canção Shelter (2004), de Ray LaMontagne, Halo foi concebida por Tedder especificamente para Beyoncé, embora o  jurado britânico do American Idol, Simon Cowell, tenha especulado que a obra seria destinada à cantora, sua conterrânea, Leona Lewis, que acabou recusando. No Brasil, Halo foi tema da personagem Yvonne, interpretada pela atriz Letícia Sabatella, na novela Caminho das Índias (2009). O vídeo musical conta com a participação do ator norte-americano Michael Ealy.

Run the World (Girls)

Lançada em 21 de abril de 2011, Run the World (Girls) foi apresentada como a primeira canção do quarto álbum de estúdio da cantora, intitulado 4 e produzida pelo DJ superstar e produtor Afrojack. O título e a letra da canção compreendem uma mensagem assumidamente agressiva e promove o empoderamento feminino.  inicialmente dividiu críticas, alguns elogiaram o sample da música, sua direção musical, e agressividade de Knowles, enquanto outros criticaram a continuação de temas do passado e afirmou que eles queriam ver Knowles mudando o conteúdo das pistas.

Formation 

Primeiro single do álbum Lemonade. O videoclipe da canção foi lançado simultaneamente, no Tidal e Youtube. No serviço Vevo, foi lançado em 9 de dezembro de 2016. A canção tem a produção de Mike Will Made-It, e co-escrita por Swae Lee, da dupla Rae Sremmurd. O videoclipe de Formation foi lançado no dia 6 de Fevereiro de 2016, e foi dirigido por Melina Matsoukas. Foram lançadas uma versão explícita e outra censurada. No início do vídeo se ouve a frase "Bitch, I'm back", com tradução livre para "Vadia, eu voltei". Durante o vídeo, Beyoncé é vista dançando e cantando nos corredores de casas de fazendas antigas em Louisiana, em ruas de Nova Orleans e em uma piscina vazia. A filha da cantora, Blue Ivy, fez uma participação no vídeo. 

Ao longo de 2016 o vídeo, foi vencedor em diversas cerimônias de premiações. Ao total, foram ganhos 27 prêmios, entre eles, Grammy, MTV VMA, Cannes Lion. 

MAIS NOTÍCIAS

ROGÉRIO CALÇADOS
ART MÓVEIS
RESTAURANTE COME COME
FAMOSOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ADRIANO CONRADO
SUPER SÃO JOSÉ
PADARIA ESTRELA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
OLIDATA
RÁDIO SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +