Polícia

Mais de 250 agentes assumirão seus postos em delegacias de todas as regiões do Estado em outubro

Vice-governador e secretário da SSP será paraninfo de formandos da Polícia Civil
22/09/2020 - 15h17min Secom-RS Corrigir

O mes de outubro de 2020 vai começar com um importante reforço para a Segurança Pública do Rio Grande do Sul. No dia 1º, será realizada a formatura da 54º turma de escrivães e da 53ª turma de inspetores da Polícia Civil. São mais de 250 novos agentes que incrementarão o trabalho de delegacias em todas as regiões do Estado.

Na segunda-feira (21), representantes dos formandos convidaram o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, para ser o paraninfo de ambas as turmas. Os alunos Alexandre Erdklee, da turma de inspetores, e Michelle de Camargo Flores, da turma de escrivães, foram ao gabinete da vice-governadoria para entregar o convite, acompanhados da chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, e da diretora da Academia de Polícia Civil (Acadepol), delegada Elisangela Melo Reghelin.

“É uma grande honra aceitar esse convite para ser paraninfo dos colegas que passam a fazer parte da instituição que é a minha casa. Como delegado, servidor público da ativa na Polícia Civil, é uma grande satisfação, que se torna ainda mais especial nesse momento em que fui escolhido pelo povo gaúcho, ao lado do governador Eduardo Leite, para liderar o Poder Executivo, assumindo também a responsabilidade pela política de Segurança do nosso Estado”, afirmou Ranolfo.

A solenidade de formatura ocorrerá no Auditório do Palácio da Polícia, em Porto Alegre (Avenida João Pessoa, 2.050), às 14 horas. Em razão da pandemia do novo coronavírus, a cerimônia será adaptada para garantir o cumprimento de todos os protocolos de segurança sanitária e o distanciamento controlado, a exemplo do que ocorreu na formatura de 55 novos delegados, em 2 de setembro. Será obrigatório o uso de máscaras para todos os presentes e haverá distanciamento de 2 metros entre uma cadeira e outra. Para familiares e amigos, que não poderão comparecer para evitar aglomerações, a formatura será transmitida pela internet.

Os aprovados no concurso foram convocados em janeiro e iniciaram o curso de formação em março. Mesmo com a chegada da pandemia da Covid-19, não houve interrupção no cronograma de aulas. A partir da parceria com o Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS), que cedeu plataforma de ensino à distância e ofereceu treinamento para operação do sistema, as aulas teóricas puderam ser realizadas pela internet.

Para tornar possível a realização das disciplinas práticas, foi elaborado um rigoroso protocolo de segurança sanitária, com uso obrigatório de equipamentos de proteção individual, esforço redobrado na higienização e ventilação dos ambientes utilizados por alunos e instrutores, inclusive com equipamentos para desinfecção de sapatos a cada entrada e saída na academia, além do afastamento imediato para testagem daqueles que apresentassem sintomas. Também contribuiu para o sucesso na realização do curso a parceria de trabalho diário com a Vigilância Sanitária do município e do Estado, que monitoraram e orientaram a garantia de condições de segurança para as atividades.

“Todo esforço colocou a Polícia Civil do Rio Grande do Sul como referência para todo o país. Tivemos procura da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e de polícias civis e militares de vários Estados, como Santa Catarina, São Paulo e Paraná, em busca de informações. Os nossos protocolos serviram para auxiliar a dar continuidade na caminhada dessas outras academias, pois fomos a primeira a ter que enfrentar a realidade da pandemia e conseguimos cumprir mais essa missão com excelência”, comentou a diretora da Acadepol, delegada Elisangela.

No total, há previsão de formatura de 127 inspetores e 131 escrivães. O número final de novos agentes pode se alterar até a data em razão da finalização do curso de formação ou de decisões judiciais. O ingresso desses novos servidores na Polícia Civil dá continuidade ao cumprimento do cronograma de chamamento apresentado pelo governo estadual em novembro de 2019, para assegurar a reposição planejada de efetivo nas instituições de Segurança Pública, minimizando a defasagem por aposentadorias.

Além do ingresso dos 55 novos delegados, categoria que não tinha renovação de quadro desde 2014, o Estado tem atualmente em formação 876 soldados da Brigada Militar, 84 bombeiros militares e 71 servidores (peritos médico-legistas, técnicos em perícias e peritos criminais) do Instituto-Geral de Perícia.

MAIS NOTÍCIAS

OLIDATA
ROGÉRIO CALÇADOS
PADARIA ESTRELA
ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ
RÁDIO SÃO JOSÉ
FAMOSOS
RESTAURANTE COME COME
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ART MÓVEIS
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +