Economia

Renda Cidadã tem pouca possibilidade de sair até janeiro, dizem analistas

Nova prorrogação do auxílio emergencial vira opção
03/11/2020 - 09h43min Corrigir

A dois meses do fim do ano, analistas políticos entendem que há pouco espaço na agenda legislativa para a aprovação do Renda Cidadã (novo programa social para substituir o Bolsa Família), antes de janeiro, quando não estão mais previstos repasses pelo auxílio emergencial.

Para 66% dos especialistas, são baixas as chances de o governo Jair Bolsonaro conseguir aprovar o novo programa no Congresso Nacional ainda neste ano. Outros 33% acreditam que a probabilidade do Renda Cidadã sair até janeiro é moderada.

Em uma escala de 1 (muito baixa) a 5 (muito alta), a probabilidade média atribuída pelos analistas políticos para a aprovação do Renda Cidadã até o fim de dezembro é de 2,2.

O objetivo do governo é criar um programa para substituir o Bolsa Família, ampliando a base de beneficiários e elevando os repasses médios mensais, sucedendo o auxílio emergencial.

Caso o Renda Cidadã não saia do papel até janeiro, 50% dos analistas acreditam em uma nova prorrogação do auxílio emergencial – 29% esperam que com despesas fora do teto de gastos, e 21% dentro da regra fiscal.

Outros 43% esperam que o auxílio seja encerrado e o Bolsa Família retomado como previsto na peça orçamentária encaminhada pelo governo federal em agosto.

Com informações do site InfoMoney

MAIS NOTÍCIAS

PADARIA ESTRELA
ADRIANO CONRADO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ART MÓVEIS
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
MÁRIO SERRALHEIRO
ROGÉRIO CALÇADOS
RESTAURANTE COME COME
ELETRO CLIC
Mais Lidas
PADARIA ESTRELAADRIANO CONRADOFUNERÁRIA CAMAQUENSEFUNERÁRIA BOM PASTORART MÓVEIS
SUPER SÃO JOSÉOLIDATAMÁRIO SERRALHEIROROGÉRIO CALÇADOSRESTAURANTE COME COMEELETRO CLIC
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +