Polícia

PF investiga grupo que fraudava auxílio emergencial

Operação Resiliência tem a participação de 80 policiais
18/11/2020 - 08h47min Corrigir

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (18), a Operação Resiliência, em Brasília, com o objetivo de “desmantelar uma “organização criminosa especializada no cometimento de fraudes no auxílio emergencial”, criado pelo governo federal.

Segundo os investigadores, há indícios de que o grupo tem envolvimento com outras práticas criminosas, como tráfico de drogas e fraudes com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e com benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Cerca de 80 policiais estão cumprindo, neste momento, 14 mandados de busca e apreensão. De acordo com a PF, as investigações tiveram início após a identificação de criminosos que recebiam o auxílio, criado com o objetivo de assegurar uma renda mínima para a população durante a pandemia do novo coronavírus, de forma fraudada.

Além de usar os próprios nomes, os suspeitos usavam nomes de outras pessoas para se beneficiar da fraude, dando a elas um percentual do valor recebido.

“ Até o momento, cinco pessoas foram presas em flagrante, duas pelo crime de tráfico ilícito de entorpecentes e três por posse ilegal de arma de fogo”, informou a PF em nota.

*Com informações da Polícia Federal

MAIS NOTÍCIAS

MÁRIO SERRALHEIRO
ELETRO CLIC
RESTAURANTE COME COME
OLIDATA
ADRIANO CONRADO
PADARIA ESTRELA
ART MÓVEIS
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Mais Lidas
MÁRIO SERRALHEIROELETRO CLICRESTAURANTE COME COMEOLIDATAADRIANO CONRADOPADARIA ESTRELAART MÓVEISSUPER SÃO JOSÉFUNERÁRIA CAMAQUENSEROGÉRIO CALÇADOSFUNERÁRIA BOM PASTOR
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +