Polícia

Vereador de Chuvisca é preso pela Polícia Civil por tentativa de homicídio

Ele foi indiciado por atropelar uma mulher de 59 anos, há pouco mais de três meses, que ficou gravemente ferida
23/11/2020 - 10h58min Atualizada em 23/11/2020 - 16h59min Corrigir

Um vereador de Chuvisca (RS) foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (23), indiciado pelo atropelamento de uma senhora de 59 anos no município, que a deixou gravemente ferida. Hélio Langhanz (PP) foi preso na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Camaquã.

O acidente aconteceu na tarde de 8 de agosto deste ano, na ERS-350. Lorena Tavares da Silva sobreviveu ao atropelamento, mas de acordo com informações, ela ficou muito debilitada. Lorena sofreu diversas fraturas e se submeteu a inúmeros procedimentos cirúrgicos e necessita de cuidadores em tempo integral.

Hélio Langhanz foi reeleito a vereador de Chuvisca nas eleições municipais do último dia 15, ficando em terceiro lugar com 243 votos.

Buscas foram feitas na casa do vereador em Chuvisca, mas segundo a polícia, nada foi encontrado. Por volta das 14h30, Langhanz foi recolhido ao Presídio Estadual de Camaquã, ficando à disposição do Poder Judiciário.

LEIA MAIS SOBRE O ACIDENTE

Foto: Reprodução / Facebook

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ELETRO CLIC
ADRIANO CONRADO
RESTAURANTE COME COME
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
OLIDATA
SUPER SÃO JOSÉ
PADARIA ESTRELA
ROGÉRIO CALÇADOS
MÁRIO SERRALHEIRO
Mais Lidas
FUNERÁRIA CAMAQUENSEELETRO CLICADRIANO CONRADORESTAURANTE COME COMEART MÓVEISFUNERÁRIA BOM PASTOROLIDATASUPER SÃO JOSÉPADARIA ESTRELAROGÉRIO CALÇADOSMÁRIO SERRALHEIRO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +