Mundo

Papa não conduzirá missas de Ano Novo em razão de dor ciática

Pela primeira vez, Francisco tem de faltar a um evento papal por saúde
31/12/2020 - 14h32min Corrigir

O papa Francisco não conduzirá as missas desta quinta-feira e do dia 1° de janeiro por causa de uma crise ciática que causa dor na perna direita, disse o Vaticano.

É a primeira vez em anos que Francisco, que completou 84 anos neste mês, teve de faltar a um evento papal por motivos de saúde.

A missa da véspera de fim de ano que o papa lideraria na tarde desta quinta-feira será dirigida pelo cardeal Giovanni Battista Re, e a missa de sexta-feira será celebrada pelo cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano.

O Vaticano disse que o papa conduziria sua oração do meio-dia na sexta-feira, conforme programado.

O papa sofre de dor ciática, uma condição que causa dor que se irradia da parte inferior das costas, ao longo do nervo ciático, até a parte inferior do corpo.

Às vezes, ele pode ser visto caminhando com dificuldade por causa da dor e recebe fisioterapia regular por causa disso.

MAIS NOTÍCIAS

PADARIA ESTRELA
ADRIANO CONRADO
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
CAMPANHA CONTRA COVID
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA BOM PASTOR
MÁRIO SERRALHEIRO
ART MÓVEIS
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +