Saúde

RS confirma primeira morte de criança por síndrome inflamatória associada à covid-19

Trata-se de um menino de sete anos residente no município de Alto Feliz
21/01/2021 - 18h52min Alexia Szortyka / Blog do Juares Corrigir

Nesta quinta-feira (21), a Secretaria da Saúde de Rio Grande do Sul (SES) informou o primeiro caso de óbito óbito ocorrido no estado por Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P). Trata-se de um menino de sete anos residente no município de Alto Feliz, na serra. A doença está associada ao coronavírus, com manifestações tardias após a infecção, podendo ou não a criança ter apresentado sintomas respiratórios de Covid-19.

No Rio Grande do Sul, desde agosto, quando iniciou a investigação dessa síndrome no país, já foram confirmados 25 casos, dos quais 24 já tiveram a evolução de alta hospitalar. As idades variam de zero a 15 anos. A doença causa febre persistente acompanhada de sintomas que podem incluir gastrointestinais (dor abdominal), conjuntivite, exantema (manchas vermelhas na pele) e erupções cutâneas, entre outros. Os sintomas respiratórios não estão presentes em todos os casos.

Conforme a Secretaria, o caso do menino começou com uma internação em 1º de janeiro, apresentando um quadro clínico preliminarmente suspeito de apendicite. No entanto, exames descartaram essa e outras possíveis causas, tendo a comprovação para a SIM-P após exames de sangue específicos (que apontaram marcadores inflamatórios característicos), além de teste positivo para o coronavírus, mesmo sem nenhum sintoma respiratório prévio ou no momento na internação. A criança recebeu tratamento com imunoglobulina, precisou de internação em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), e faleceu no dia 11 de janeiro.

Com informações do Correio do Povo

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ADRIANO CONRADO
CAMPANHA CONTRA COVID
ROGÉRIO CALÇADOS
MÁRIO SERRALHEIRO
OLIDATA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +