Esportes

Juventude bate Figueirense e segue na luta pelo acesso à Série A

Rogério sacramentou a vitória de virada por 2 a 1 nos acréscimos
22/01/2021 - 20h57min Corrigir

Com um gol nos acréscimos do segundo tempo, o Juventude derrotou o Figueirense por 2 a 1 nesta sexta-feira (22), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), na abertura da 37ª (e penúltima) rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O triunfo mantém os alviverdes na briga pelo retorno à Série A e deixa os alvinegros catarinenses em situação delicada, podendo ter o rebaixamento à Série C decretado ainda nesta rodada.

Os gaúchos foram a 58 pontos e assumiram temporariamente o quarto lugar da Série B, ultrapassando o CSA - que já está em campo contra o Brasil de Pelotas - jogo iniciado esta noite, às 19h15 (horário de Brasília) - no estádio Rei Pelé, em Maceió. Os alagoanos têm dois pontos a menos. A torcida do Juventude é por, no máximo, um empate do Azulão. Se ocorrer, o Verdão dependerá apenas de si para garantir o acesso à primeira divisão do futebol brasileiro na última rodada. Os alviverdes encerram a participação na Série B na próxima sexta-feira (29), às 21h30, contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

O Figueirense, por sua vez, pode ter dado adeus às chances de permanecer na Série B com a derrota nos acréscimos. Estacionado nos 39 pontos, na 17ª posição, o Alvinegro catarinense precisa que Náutico e Vitória percam seus jogos para chegar à última rodada com chance de salvação. O Timbu visita o Cruzeiro no estádio Independência no domingo (24), às 16h, enquanto o Leão pega o rebaixado Botafogo-SP na terça-feira (26), às 21h30. Os catarinenses finalizam a campanha na próxima sexta (29), às 21h30, contra a Ponte Preta, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Jogo

Os primeiros 45 minutos foram de poucas chances. O Juventude marcou mais presença no campo de ataque, mas com dificuldades no último terço do gramado. A melhor oportunidade foi um chute de fora da área de Matheuzinho, aos 33 minutos, que parou na trave. Na sobra, o também meia Everton bateu para fora. Acuada, a equipe catarinense também só chegou uma vez com perigo, quatro minutos antes, com Diego Gonçalves. O atacante ficou com a sobra de uma dividida na direita, invadiu a área, mas chutou em cima do goleiro Marcelo Carné.

O duelo seguiu truncado no segundo tempo, o que mudou a partir dos 15 minutos finais, que foram emocionantes. Aos 35 minutos, os gaúchos balançaram as redes com Bambam, mas a arbitragem viu impedimento do camisa 17 ao receber o passe do também atacante Rafael Silva. Aos 39 minutos, o lateral Renan Luís avançou até a linha de fundo, pela esquerda, e levantou para o atacante Erison, de cabeça, por o time catarinense na frente. Os jogadores alviverdes reclamaram que a bola teria saído antes do cruzamento do defensor.

O Figueirense, porém, teve pouco tempo para celebrar a vantagem. Aos 42 minutos, Bambam aproveitou que o goleiro Rodolfo Castro saiu mal após um lançamento e deixou tudo igual. O Juventude se lançou ao ataque e conseguiu a virada aos 48 minutos. Após cobrança de escanteio, o atacante Rogério cabeceou para as redes e garantiu a vitória dos gaúchos.

MAIS NOTÍCIAS

CAMPANHA CONTRA COVID
ELETRO CLIC
PADARIA ESTRELA
OLIDATA
SUPER SÃO JOSÉ
ADRIANO CONRADO
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ART MÓVEIS
MÁRIO SERRALHEIRO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +